Saúde Miguel Srougi está à frente do novo Instituto da Próstata do Moriah

Miguel Srougi está à frente do novo Instituto da Próstata do Moriah

Instituto da Próstata do Hospital Moriah será inaugurado na próxima quarta-feira (10) pelo prestigiado urologista, no Iº Simpósio de Doenças da Próstata

Miguel Srougi estrutura Instituto da Próstata do Hospital Moriah

O Hospital Moriah está localizado em Moema, na zona sul de São Paulo

O Hospital Moriah está localizado em Moema, na zona sul de São Paulo

Divulgação

O Hospital Moriah, em São Paulo, vai lançar na próxima quarta-feira (10) o Instituto da Próstata, estruturado por Miguel Srougi, professor da Faculdade de Medicina da USP e um dos mais prestigiados urologistas do país.

Na data do lançamento, o Moriah organiza também o Iº Simpósio de Doenças da Próstata, com a apresentação de mais de 30 aulas, na Casa Petra, em São Paulo. A inauguração do instituto será feita por Srougi ao meio-dia. O médico também dará uma aula no simpósio.

Veja também: Robô é capaz de realizar cirurgias complexas em hospital de SP

A inauguração vai contar ainda com convidados especiais, entre eles, o ex-governador Geraldo Alckmin, um de seus pacientes ilustres. Alckmin vai falar sobre a saúde do homem. 

As áreas médicas do Instituto, assim como os profissionais que encabeçam cada uma delas, foram estabelecidos sob a orientação de Miguel Srougi. São elas: Diagnóstico, Imagem, Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB), Cirurgia Convencional, Cirurgia Robótica, Estudo Urodinâmico e Disfunção Erétil.

Os líderes de cada área são médicos da USP e da Unifesp, entre eles estão o urologista Alberto Antunes, chefe do setor de próstata no Hospital das Clínicas da USP, que cuida da área de HPB, José Roberto Colombo Jr., médico assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), da disciplina de Urologia da USP, responsável pela área de Cirurgia Robótica, e Ricardo Vita, médico assistente da Divisão de Clínica Urológica da Faculdade de Medicina da USP, que encabeça o Estudo Urodinâmico.

Saiba mais: Hospitais seguem a linha da humanização e tornam a internação mais agradável

Além de profissionais qualificados, o instituto investe em novas terapias e equipamentos, praticamente inéditos no país, como o HoLEP (holmium laser), técnica minimamente invasiva utilizada no tratamento da hiperplasia benigna da próstata, uma doença relacionada ao envelhecimento.

Outro diferencial será a realização da Biópsia Transperineal, considerada mais eficaz para a detecção de câncer de próstata do que a transretal.

Simpósio vai debater inovações

O Iº Simpósio de Doenças da Próstata vai reunir alguns dos principais médicos do país para debater inovações no tratamento de doenças benignas e malignas da próstata.

Leia também: Hospital Moriah promove aula para aproximar estudantes de medicina da rotina da profissão

Entre os temas abordados estão novidades em hiperplasia benigna da próstata, técnica e prevenção de complicações no tratamento da hiperplasia prostática, novidades em câncer da próstata, biopsia perineal, vigilância ativa, radioterapia hipofracionada, reabilitação sexual, cirurgia robótica, prótese peniana inflável, entre outros temas.

O evento é restrito a médicos previamente inscritos.