Mulheres desenvolvem pressão alta mais cedo que homens

Conclusão é de um estudo norte-americano que comparou a evolução da hipertensão ao longo da vida de mais de 30 mil pessoas

Resultados do estudo foram publicados nesta semana

Resultados do estudo foram publicados nesta semana

Freepik

As mulheres começam a apresentaram hipertensão arterial mais rápido e mais cedo do que os homens ao longo da vida, concluiu um estudo norte-americano publicado nesta semana no Jornal de Cardiologia da Associação Médica Americana.

Os pesquisadores do Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, na Califórnia, constataram que os vasos sanguíneos das mulheres — incluindo artérias grandes e pequenas — envelhecem mais rapidamente do que os dos homens.

A descoberta inédita pode ajudar a explicar por que as mulheres tendem a desenvolver diferentes tipos de doenças cardiovasculares mais precocemente.

Leia também: Hipertensão arterial: a doença silenciosa que atinge 35% da população brasileira

A equipe da médica Susan Cheng, que coordenou o estudo, analisou dados de 32.833 participantes com idades entre 5 e 98 anos coletados em um período de 43 anos. Ao todo, foram 145 mil aferições de pressão arterial.

A decisão de separar as análises por sexo fez com que os pesquisadores pudessem comparar os padrões de evolução da pressão arterial de homens e mulheres ao longo da vida.

"Nossos dados mostraram que as taxas de elevação acelerada da pressão arterial eram significativamente maiores em mulheres do que homens, começando mais cedo na vida", explica Susan.

Dados do Vigitel (Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), do Ministério da Saúde, mostraram que, em 2018, um em cada quatro brasileiros que viviam nas capitais tinham diagnóstico de hipertensão arterial.

A doença é uma das principais causadoras de infarto e acidente vascular cerebral, problemas que mais matam no Brasil.

Hábitos saudáveis, como prática de exercícios físicos, baixo consumo de sal, além de evitar bebidas alcoólicas e não fumar, ajudam a prevenir a hipertensão.

Sal sobe a pressão? Tudo o que você precisa saber sobre a hipertensão: