Saúde OMS criará passaporte digital de saúde inspirado em modelo europeu

OMS criará passaporte digital de saúde inspirado em modelo europeu

Sistema irá comportar, por exemplo, os certificados de vacinação dos cidadãos, para facilitar o acesso a serviços de saúde 

  • Saúde | Da AFP, com R7

Resumindo a Notícia
  • OMS irá criar passaporte mundial de saúde inspirado no certificado de Covid europeu.

  • Medida deve 'fortalecer a segurança sanitária mundial'.

  • Passaporte irá facilitar a mobilidade dos cidadãos em todo o mundo.

  • Passaporte sanitário da UE é o mais utilizado no globo.

Certificado digital de vacina da União Europeia pode ser usado por mundialmente

Certificado digital de vacina da União Europeia pode ser usado por mundialmente

Reprodução/@EU_Commission

A OMS (Organização Mundial de Saúde) vai se inspirar no certificado digital de Covid-19 da UE (União Europeia) para lançar um sistema de certificação mundial, após a assinatura de uma associação "histórica" nesta segunda-feira (5).

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e a comissária europeia de Saúde, Stella Kyriakides, assinaram, em Genebra, esta "iniciativa histórica para fortalecer a segurança sanitária mundial".

"A pandemia de Covid-19 mostrou a importância das soluções digitais para facilitar o acesso aos serviços de saúde", afirmou Tedros na cerimônia de assinatura, acrescentando que o passaporte europeu será transformado em um "bem público mundial".

Este futuro sistema global de certificação digital deverá, segundo um comunicado da OMS e da Comissão Europeia, "facilitar a mobilidade e proteger os cidadãos em todo o mundo contra as ameaças sanitárias atuais e futuras, incluindo pandemias". O primeiro bloco de construção do certificado está previsto para junho de 2023. 

"Com base na rede de certificação digital altamente bem-sucedida da UE, a OMS visa oferecer a todos os estados membros da OMS acesso a uma ferramenta de saúde digital de código aberto, baseada nos princípios de equidade, inovação, transparência e proteção e privacidade de dados. Novos produtos digitais de saúde em desenvolvimento visam ajudar as pessoas em todos os lugares a receber serviços de saúde de qualidade de forma rápida e eficaz", afirmou Tedros, no último domingo (4).

Compartilhe esta notícia no Whatsapp
Compartilhe esta notícia no Telegram

É o primeiro elemento da rede global de certificação digital de saúde da OMS, que desenvolverá "uma ampla gama de produtos digitais para melhorar a saúde de todos", como certificados digitais internacionais de vacinação.

"Essa parceria trabalhará para desenvolver tecnicamente o sistema da OMS com uma abordagem em etapas para cobrir casos de uso adicionais, que podem incluir, por exemplo, a digitalização do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. A expansão dessas soluções digitais será essencial para oferecer uma saúde melhor para os cidadãos em todo o mundo", relata o comunicado. 

O passaporte sanitário da UE é o mais utilizado no mundo.

Conheça 7 hábitos que fortalecem o sistema imunológico

Últimas