Saúde Quais são as vacinas obrigatórias para as crianças de zero a 5 anos?

Quais são as vacinas obrigatórias para as crianças de zero a 5 anos?

Segundo o PNI, nos primeiros 5 anos de vida, pais ou responsáveis devem imunizar pequenos contra ao menos 18 doenças

  • Saúde | Do R7

Crianças de 0 a 5 anos devem receber ao menos 13 imunizantes oferecidos pelo SUS

Crianças de 0 a 5 anos devem receber ao menos 13 imunizantes oferecidos pelo SUS

Freepik/Reprodução

A ONU (Organização das Nações Unidas) e a OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgaram uma pesquisa preocupante sobre a queda de cobertura vacinal de crianças de 0 a 5 anos nos últimos dois anos, impulsionada pela pandemia da Covid-19. 

Essa é uma realidade também no Brasil, que já foi considerado modelo no mundo pelas campanhas de vacinação.

Se for levado em consideração apenas o caso da proteção contra o sarampo, dados do DataSUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde) mostram que, no ano passado, pouco mais de 49% da população tinha tomado as duas doses do imunizante contra o sarampo – o índice considerado ideal é de 90% da população.

Mesmo com vacinas gratuitas e oferecidas o ano todo no SUS (Sistema Único de Saúde), a adesão não é maciça. Para a faixa etária de 0 a 5 anos, no calendário do PNI (Programa Nacional de Imunizações) estão disponíveis 13 imunizantes.

Confira a lista completa do Ministério da Saúde e quando as doses devem ser aplicadas:

BCG – contra formas graves de tuberculose
Quando: ao nascer

Hepatite B
Quando: ao nascer

VORH rotavírus
Quando: 1ª dose aos 2 meses; 2ª dose aos 4 meses

Pentavalente – contra difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae B e hepatite B

Quando: 1ª dose aos 2 meses; 2ª dose aos 4 meses; 3ª dose aos 6 meses

DTP – contra difteria, tétano e coqueluche
Quando: 1º reforço aos 15 meses; 2º reforço aos 4 anos

Poliomielite – paralisia infantil
Quando: 1ª dose aos 2 meses; 2ª dose aos 4 meses; 3ª dose aos 6 meses; 1º reforço aos 15 meses; 2º reforço aos 4 anos

Pneumocócica 10 – contra pneumonia, meningite, otite e sinusite
Quando: 1ª dose aos 2 meses; 2ª dose aos 4 meses; reforço com 1 ano

Meningocócica C – contra a meningite meningocócica tipo C
Quando: 1ª dose aos 3 meses; 2ª dose aos 5 meses; reforço com 1 ano

Febre amarela
Quando: dose inicial com 1 ano; reforço aos 4 anos

Tríplice viral – contra sarampo, caxumba e rubéola
Quando: uma dose com 1 ano

Tetraviral – combate sarampo, caxumba, rubéola e catapora (varicela)
Quando: aos 15 meses

Varicela monovalente – contra catapora
Quando: aos 4 anos

Hepatite A
Quando: dose única aos 4 anos

Vitamina D: quando tomar suplemento e qual é a dose segura

Últimas