Tecnologia e Ciência Nasa registra pela primeira vez evidência de vulcão ativo em Vênus

Nasa registra pela primeira vez evidência de vulcão ativo em Vênus

A agência americana já planeja para esta década uma missão ao planeta, com novos estudos da superfície 

O planeta já era conhecido por possuir vulcões

O planeta já era conhecido por possuir vulcões

Reprodução/Twitter/Nasa

A Nasa encontrou evidência de um vulcão ativo no planeta Vênus. Já se sabia que o planeta estava repleto de vulcões, mas nenhuma atividade havia sido registrada anteriormente.

No Twitter da agência espacial americana, foi anunciado que pela primeira vez os cientistas conseguiram observar evidências geológicas diretas de que um vulcão entrou em atividade na superfície de Vênus.

Já era de conhecimento dos estudiosos que o planeta possuia atividades geológicas como essa, também encontradas na Terra, mas nenhum registro mostrava movimentação desses vulcões. 

A descoberta foi feita a partir do estudo de imagens feitos por radar há mais de 30 anos, na década de 90, pela missão Magellan da Nasa. Por meio desses registros, Scott Hensley, do JPL (Jet Propulsion Laboratory), e Robert Herrick, professor e membro da equipe científica Veritas, conseguiram perceber que, em menos de um ano, uma abertura vulcânica sofreu alterações na forma e teve um aumento significativo.

O estudo de vulcões ativos é feito pelos cientistas para entender como o interior de um planeta pode moldar sua crosta, conduzir sua evolução e afetar sua habitabilidade. Por esse motivo, uma nova missão da Nasa com destino a Vênus realizará esse estudo, da superfície ao núcleo do planeta. 

“A seleção da missão Veritas pela Nasa me inspirou a procurar atividades vulcânicas recentes nos dados de Magalhães. Eu realmente não esperava ter sucesso, mas, depois de cerca de 200 horas comparando manualmente as imagens de diversas órbitas de Magalhães, vi duas imagens da mesma região tiradas com oito meses de intervalo, que exibiam mudanças geológicas reveladoras causadas por uma erupção", afirmou Herrick.

VEJA TAMBÉM: Rover da Nasa faz registro único de pôr do sol em Marte; veja imagens

Últimas