Em depoimento, músicos da banda negam que tenham utilizado fogos de artifício em boate de Santa Maria

Polícia afirmou, porém, que existem provas de que havia artefatos de fogo no palco

  • Cidades
  • Carolina Moro, especial para o R7, de Santa Maria (RS)
Incêndio aconteceu na madrugada do último domingo (27)
Incêndio aconteceu na madrugada do último domingo (27) Reprodução/Djy Bolinha/Facebook

Em depoimento prestado na tarde desta segunda-feira (28), integrantes da banda Gurizada Fandangueira, que se apresentava na boate Kiss quando aconteceu o incêndio, negaram que tenham utilizado fogos de artifício durante o show.

A polícia informou, porém, que já existem provas de que havia três artifícios de fogo na frente do palco e dois atrás na hora da apresentação da banda.

Leia mais notícias de Cidades

Dono de boate que pegou fogo em Santa Maria se entrega à polícia

Veja a cobertura completa da tragédia

Maioria das vítimas era de estudantes. Veja o perfil

Seguranças de boate barraram saída das pessoas, diz sobrevivente

Os músicos foram ouvidos em depoimento pelo delegado Marcelo Arigony, que trabalha na investigação do caso. Segundo a polícia, além dos músicos, foram ouvidos também os donos da boate, familiares das vítimas e sobreviventes. Ao todo, foram 20 depoimentos.

A polícia não divulgou o nome dos depoentes da tarde desta segunda-feira e ainda não há prazos para o término das investigações.