Internacional

27/2/2013 às 07h18 (Atualizado em 27/2/2013 às 13h37)

"Deus não deixará que a Igreja afunde", afirma Bento 16 em sua despedida dos fiéis na Praça de São Pedro

Mais de 100 mil pessoas acompanham a cerimônia no Vaticano

Do R7, com agências internacionais

Aclamado pela multidão, o papa percorreu lentamente a Praça de São Pedro, a bordo do papamóvel e a pé AFP
Em seu discurso, o papa mencionou "as águas agitadas" que marcaram seu pontificado AFP

"Deus não deixará que a Igreja [Católica] afunde", disse o papa Bento 16 na manhã desta quarta-feira (27) na Praça de São Pedro, no Vaticano, durante uma audiência histórica diante de milhares de fiéis e personalidades de todos os continentes, que homenageiam o primeiro papa que renuncia em sete séculos de história.  

Mais de 100 mil pessoas, incluindo muitos cardeais, bispos e personalidades, foram à Praça de São Pedro para participar da última bênção de quarta-feira de Bento 16 — a de número 348 de seu pontificado, iniciado em abril de 2005.

Aclamado, o alemão Joseph Ratzinger, que deixa a liderança da Igreja Católica nesta quinta-feira (28), percorreu lentamente a praça, a bordo do papamóvel e a pé, e beijou duas crianças.   

Em seu discurso, que durou entre cinco e dez minutos, o papa mencionou "as águas agitadas" que marcaram os oito anos de seu pontificado e advertiu que "Deus não deixará que a Igreja [Católica] afunde".

"Estou realmente emocionado e vejo uma igreja viva", disse o papa, ovacionado pela multidão.

R7 Cultura: nem o papa está acima da lei

Veja fotos da cerimônia

Bento 16 terá título de "papa emérito" e continuará sendo chamado de "Sua Santidade" 

Papa aprova decreto para antecipar escolha de sucessor

Às vésperas de conclave, renúncia de cardeal aumenta clima de incerteza no Vaticano

O papa também disse que é "consciente da gravidade e novidade" de sua renúncia.‎

"Abandono a cruz, mas permaneço de uma maneira nova junto ao Senhor crucificado", disse Bento 16, ressaltando que não retornará "à vida privada".

Bento 16, de 85 anos, causou espanto ao anunciar a renúncia, em 11 de fevereiro, alegando falta de forças para seguir diante de uma igreja de 1,2 bilhão de fiéis, que enfrentou uma série de escândalos nos últimos anos.    

Após deixar o Vaticano, Joseph Ratzinger passará uma temporada na residência papal de Castel Gandolfo. 

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Publicidade

Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!