Internacional

14/2/2013 às 14h12 (Atualizado em 14/2/2013 às 18h12)

Jornal italiano afirma que papa decidiu renunciar depois de se ferir na cabeça, mas Vaticano desmente

O porta-voz da Igreja Católico descartou que ferimento tenha influenciado atitude de Bento 16

Mídia internacional tenta desvendar quais foram os motivos que levaram o Bento 16 a renunciar AFP PHOTO / GABRIEL BOUYS

O papa Bento 16 tomou a inédita decisão de renunciar ao papado depois de se ferir na cabeça há um ano durante uma viagem ao México, revelou nesta quinta-feira (14) o jornal italiano La Stampa.

A notícia do acidente noturno não foi desmentida pelo porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi, que descartou, no entanto, que o Papa tenha decidido renunciar ao seu cargo por esta razão.

 

Livro revela cartas secretas do papa Bento 16

Veja os desafios que aguardam o novo papa

Legado de Bento 16 será marcado por sua renúncia

Conheça por dentro o palácio onde o papa mora no Vaticano

Segundo o jornal, no início de sua viagem ao México e a Cuba em março do ano passado, durante o último dia em que passou na cidade de León, em 25 de março, o Papa apareceu pela manhã com manchas de sangue na cabeça.

"O Papa contou que não havia caído, mas havia dado uma cabeçada contra a pia do banheiro algumas horas antes", narraram seus colaboradores.

"Levantou-se no meio da noite e, desorientado pelo sono e por estar em um ambiente desconhecido, não encontrou o interruptor da luz e caminhou na escuridão", sustenta a mesma fonte.

O episódio não teve maiores consequências e a imprensa não foi informada nem se deu conta do ferimento, que estava coberto pela mitra.

Vaticano diz que escolha do próximo papa começará após 15 de março

Papa diz em audiência que renunciou pelo bem da Igreja

Papado de Bento 16 viu avanço de Islã e evangélicos

"Nunca se queixou e não teve problemas nem dores ao colocar a mitra. O dia transcorreu tranquilamente e pela noite lhe deram medicação depois de retornar à residência das religiosas capuchinhas", contou Lombardi.

O jornal assegura que o acidente adquiriu relevância agora, depois que o jornal do Vaticano, o L'Osservatore Romano, revelou que o Papa havia tomado a decisão de renunciar após a viagem ao México e a Cuba, ao considerar estas viagens muito cansativas para sua idade.

"Vê, Santo Padre, porque sou contra estas viagens?", comentou na época seu médico particular, Patrizio Polisca, recebendo uma resposta divertida do Papa: "Também sou contra", afirma o jornal.

Veja a galeria do dia

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Mergulho no lixo

Ativistas do freeganismo se alimentam de comidas jogadas fora

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fotografia

Ensaio traz à tona "fantasmas" da desindustrialização nos EUA

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!