Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

9/8/2013 às 10h48 (Atualizado em 9/8/2013 às 14h24)

Vereador do partido de Eduardo Paes é eleito para presidir a CPI dos Ônibus e manifestantes protestam 

Manifestantes que ocuparam a Câmara na quarta (8) queriam que Eliomar Coelho fosse eleito

Do R7

Após o vereador Chiquinho Brazão (PMDB) ser eleito para presidir a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Ônibus nesta sexta-feira (9), manifestantes protestam na Câmara do Rio e pedem que ele renuncie ao cargo. O grupo, que ocupou o plenário da Casa, queria que o vereador Eliomar Coelho (Psol) fosse eleito para comandar a CPI (assista à reportagem em vídeo abaixo). Coelho foi o vereador quem pediu a criação da comissão.

Chiquinho Brazão é do mesmo partido do prefeito do Rio, Eduardo Paes, e não assinou o requerimento para a instauração da CPI. Manifestantes entraram no gabinete de Brazão. A CPI dos Ônibus pretende investigar os contratos da Prefeitura do Rio com empresas que operam o transporte coletivo na cidade. Cartazes de manifestantes continham os dizeres "Quem não assina não preside".

Segundo a vereadora da casa Teresa Bergher (PSDB), manifestantes tentaram entrar na sala da Presidência da Câmara, onde acontecia uma coletiva de imprensa por volta das 11h desta sexta (9).

A votação

A comissão, composta de cinco membros, foi formada a partir de indicações das bancadas dos partidos da Câmara dos Vereadores. Eles são: Chiquinho Brazão (PMDB) (presidente); professor Uoston (PMDB) (relator); Eliomar Coelho (PSOL); Jorginho da SOS (PMDB) e Renato Moura (PTC).

Para Teresa Bergher, apesar da votação ter sido legal, há dúvidas quanto à condução das investigações.

— Eu acho que eles não têm legitimidade, porque nem votaram a favor [da criação da CPI], o que indica que estariam contra a CPI.

Na quinta-feira (8), manifestantes ocuparam a Câmara dos Vereadores. Outro grupo também chegou a entrar no saguão principal da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) por volta das 17h40.  A manifestação reuniu sindicatos de trabalhadores, entidades estudantis, partidos políticos e movimentos populares para protestar contra o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes.

O protesto deixou ao menos dez feridos após confrontos e cenas de vandalismo nos arredores da Alerj. Membros do grupo anarquista Black Bloc invadiram uma agência bancária e lançaram pedras contra um prédio do empresário Eike Batista, enquanto a polícia tentava dispersar os manifestantes em torno da Alerj com bombas de gás lacrimogêneo. 

Larissa Kurka, do R7 Rio

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Aquecimento para o verão

Sol de primavera reúne time de musas nas praias do Rio; veja fotos

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Valeu, amigo!

Homem resgata cão em canal no centro

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Carnaval

Escolas do Grupo Especial do Rio já têm sambas-enredo para 2015; ouça

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Com tudo em cima

Vovós sensualizam em calendário para ajudar asilos no Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fotos

Conheça a geração de "delegatas" do Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Raíssa Sampaio

Conheça vencedora do concurso de nordestina mais bonita do Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Rotina de tensão

Universitárias relatam abusos sexuais perto de campus da UFRJ na zona sul

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Saudades do verão?

Veja mais de 100 musas das praias do Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Rio de Janeiro

  • Últimas de Notícias

Mais Clicadas

Compartilhe
Desaparecida

Dez anos depois, mãe de Priscila Belfort pede reabertura das investigações

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
O preço do luxo!

No bairro mais caro do Brasil, imóvel de frente para praia custa R$ 35 milhões

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!