São Paulo

21/11/2012 às 19h27 (Atualizado em 21/11/2012 às 20h20)

Delegado-geral da Polícia Civil afirma que vai colocar cargo à disposição

Afirmação acontece no mesmo dia em que secretário de Segurança Pública pediu exoneração

Vanessa Beltrão, do R7

Marcos Carneiro disse que a decisão de colocar o cargo à disposição não tem relação com a ação do MP movida contra ele e mais nove delegados Reprodução/Rede Record

Após o secretário de segurança pública de São Paulo, Antônio Ferreira Pinto, pedir exoneração do cargo nesta quarta-feira (21), o delegado geral da polícia civil de São Paulo, Marcos Carneiro, afirmou em entrevista ao R7 que vai colocar o cargo à disposição.  

— Nessa situação de transição, é natural que os comandantes que têm o cargo de confiança coloquem à disposição do novo chefe para não criar nenhum embaraço.

Essa é a segunda vez que o delegado Marcos Carneiro sinaliza que pode deixar o cargo.  Em entrevista ao R7 no último dia 14, ele já tinha afirmado que iria entregar o cargo, caso fosse notificado pela Justiça.

Junto com mais nove delegados, ele é réu em uma ação do Ministério Público para regularizar pátios particulares em São Paulo para guardar veículos e máquinas caça-níqueis apreendidas no Estado. A grande questão é que os carros eram armazenados nos locais sem licitação.

Leia mais notícias de São Paulo

Segundo Marcos Carneiro, a decisão de colocar o cargo à disposição não tem relação com a ação do MP, mas a “uma atitude protocolar que é natural na administração pública”.

— O novo secretário tem a liberdade de formar a nova equipe. A estrutura não para.  Muda o comando, mas a parte operacional continua no mesmo ritmo.

Ele também reafirmou que ainda não foi notificado pela Justiça sobre a ação do Ministério Público.  A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo informou que todas as cartas precatórias já foram enviadas para os envolvidos no processo desde o dia 5.

Mesmo sem a confirmação de que irá deixar o cargo, Marcos Carneiro já falou em tom de despedida.

— Encaro isso como natural. Cumprimos a nossa missão e tentamos fazer o melhor.

O novo secretário de segurança pública será o ex-procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira. Ele deve ser empossado no cargo nesta quinta-feira (22).

Leia mais notícias na nova home do Portal R7

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!