Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

São Paulo

31/5/2013 às 11h54 (Atualizado em 1/6/2013 às 09h52)

Em estado crítico, dentista queimado durante assalto é transferido para capital

Bandidos atearam fogo em Alexandre Gaddy no consultório dele, em São José dos Campos

Do R7, com Agência Record

O dentista Alexandre Peçanha Gaddy (foto) foi queimado durante um assalto no consultório na última segunda-feira (27) Reprodução/Facebook

O dentista Alexandre Peçanha Gaddy, de 41 anos, foi transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Albert Einstein, na zona oeste da capital paulista, na noite desta quinta-feira (30). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da instituição. Segundo boletim médico só será divulgado com a autorização da família.

O dentista teve 60% do corpo queimado durante um assalto na última segunda-feira (27). Naquele dia, ele havia ficado até mais tarde para esterilizar equipamentos. O crime aconteceu no consultório em que trabalhava na rua dos Periquitos, na Vila Tatetuba, zona leste de São José dos Campos, a 97 km de São Paulo.

A Polícia Militar foi chamada depois que vizinhos ouviram gritos de socorro da vítima e fogo no interior do estabelecimento. Quando os policiais chegaram, perceberam que havia muita água no chão. Essa foi uma tentativa desesperada de Peçanha em apagar o fogo que atingiu cerca de 60% de seu corpo.

Assustados com a violência, dentistas de SP terão “aplicativo antipânico”, diz Conselho de Odontologia

Internautas comentam ataque a dentista em São José dos Campos

O dentista estava consciente quando a polícia chegou. Ele disse que dois homens entraram no consultório, anunciaram o assalto e, quando ele foi retirar o celular do bolso, jogaram álcool nele. No banheiro, onde o dentista foi queimado, estavam o vidro de álcool e o isqueiro usados no crime.

Primeiro Alexandre Peçanha Gaddy foi levado ao Pronto-Socorro Municipal de São José dos Campos, na Vila Industrial. No dia seguinte, ele foi transferido para o setor de queimados da Santa Casa da cidade onde permaneceu até esta quinta-feira, quando foi novamente transferido, agora para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Disque-Denúncia

A Polícia Civil de São José dos Campos pediu a colaboração da população para prender os suspeitos que atearam fogo no dentista. Quem tiver qualquer informação sobre possíveis autores, pode ligar no Disque-Denúncia, pelo número 181. O serviço é gratuito, válido para todo o Estado, e não é necessário se identificar. Também é possível fazer a denúncia pelo 190 da Polícia Militar.

São Bernardo do Campo

Um outro caso envolvendo uma dentista chocou o País em abril deste ano. Cinthya Magaly Moutinho de Souza, de 47 anos, foi queimada viva durante um assalto dentro de seu consultório, na rua Copacabana, bairro do Jardim Anchieta, em São Bernardo do Campo. De acordo com a Polícia Militar, Cinthya atendia a uma paciente — cujo nome não foi divulgado — quando criminosos apertaram a campainha. Um dos bandidos disse que precisava de atendimento odontológico e a dentista abriu o portão. Logo, mais dois invadiram a casa. A paciente ficou com os olhos vendados durante toda a ação e teve a bolsa, o celular e dinheiro roubados.

Cinthya disse que estava com pouco dinheiro, mas forneceu o cartão do banco e a senha. Os criminosos sacaram R$ 30 da conta da dentista em um banco próximo ao local do crime.

Segundo a paciente, única testemunha do crime, por volta das 12h30, a dentista começou a passar mal e um dos bandidos, que aparentava ser menor de idade, resolveu encharcá-la com álcool para assustá-la. Segundo informações da polícia, eles queimaram a vítima por não terem conseguido levar mais dinheiro.

De acordo com o delegado seccional de São Bernardo, Waldomiro Bueno Filho, a paciente — que não ficou ferida — conseguia ouvir a dentista gritando "naõ faz isso" e pedindo socorro.

— Ela tentou apagar o fogo quando os bandidos fugiram, mas não foi possível. A dentista morreu em menos de três minutos.

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Zona leste

Pai mata mulher, filha de quatro anos e tenta assassinar bebê dentro de casa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Guarulhos

Polícia Civil investiga namorado de funkeira encontrada morta

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Durante o show

Último forró: marido traído executa “rei dos teclados” em Santo André

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!