São Paulo

14/2/2013 às 01h10 (Atualizado em 14/2/2013 às 20h54)

Regiões do Brás e da rua 25 de Março terão mudanças na coleta de lixo 

Caminhões vão passar pela manhã, a partir de segunda-feira (18)

Do R7

Na rua 25 de Março (foto), haverá um horário secundário para o recolhimento dos resíduos a partir das 17h, com caminhões menores Fabio Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

Uma das medidas anunciadas pelo secretário de Serviços de São Paulo, Simão Pedro, para evitar enchentes foi a readequação da coleta de lixo em centros comerciais. Na quinta-feira (14), uma das empresas que faz este trabalho, a Loga, anunciou como vai funcionar o recolhimento dos resíduos nas regiões do Brás e da rua 25 de Março.

Em reunião, no dia 15 de janeiro, com a as empresas de coleta e limpeza da região e representantes do comércio, o secretário discutiu o novo modelo logístico para a retirada dos detritos. Os estudos realizados pela Loga mostraram que o melhor horário para o início da coleta na região do Brás é a partir das 7h30, mesmo adotado no Bom Retiro, em 2010.

Segundo o engenheiro Francisco de Andrea Vianna, coordenador da área de apoio operacional da empresa, o objetivo é eliminar os sacos de lixo nas calçadas ao longo do dia.

— Além de trazer prejuízos estéticos e sanitários, o material jogado nas vias é carregado para bueiros e galerias pluviais, criando pontos de obstrução que aumentam o risco de alagamentos.

Leia mais notícias de São Paulo

Os comerciantes foram orientados a colocar os resíduos para fora das lojas apenas de manhã e não ao fim do dia. As mudanças estão sendo comunicadas para moradores e lojistas por meio de panfletos. Quem desrespeitar o horário vai ser inicialmente orientado. Se descumprir, será notificado e multado em até R$ 14.000, segundo a Loga.

Região da rua 25 de Março

Na rua 25 de Março, onde muitos sacos de lixo são abertos antes da passagem dos caminhões, a coleta vai continuar noturna, mas a partir das 17h veículos menores vão recolher os resíduos também. Segundo o coordenador da Loga, é o horário em que alguns comerciantes já depositam o lixo nas calçadas.

Medidas antienchente

O prefeito Fernando Haddad anunciou no começo de janeiro uma série de ações a serem tomadas para evitar as enchentes em São Paulo. Entre elas, está o reforço na limpeza dos 132 pontos de alagamento detectados pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

A limpeza de 30.000 bocas de lobo deve ser monitorada à distância por meio de códigos de barras. As empresas Soma e Inova, responsáveis pela de limpeza das ruas, também vão ter que fornecer relatórios periódicos sobre os pontos mais críticos, detalhando problemas que dificultam a vazão da água. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Assalto na Dutra

Empresário morto ao saltar de carro em movimento era fã de armas e velocidade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Abusos

Menina de 13 anos sobrevive após ser estuprada e jogada em rio de Mairiporã

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
17 anos

Sessão de tortura de garota queimada com cigarro durou quatro horas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!