São Paulo

13/11/2012 às 20h20 (Atualizado em 13/11/2012 às 20h20)

Trabalhadores da distribuição de gás em SP podem voltar ao trabalho

Julgamento de greve aconteceu nesta terça-feira (13)

Do R7

Trabalhadores representados por dois sindicatos de funcionários de empresas distribuidoras de gás da região metropolitana de São Paulo e de Santos vão votar na quarta-feira (14) se vão acatar a decisão judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, votada nesta terça-feira (13), na capital. Para Valter Adalberto, presidente de um dos sindicatos, o julgamento foi positivo.

A desembargadora Ivani Contini Bramante conduziu a sessão, que julgou a greve legal e não abusiva, citando que foi mantido o mínimo de 30% da escala normal dos funcionários. Ainda segundo a decisão, deve ser concedido reajuste de 6% nos salários, piso salarial na forma proposta pela empresa, compensação de 50% dos dias parados e estabilidade de 90 dias para todos os trabalhadores, a contar da data do julgamento.

Leia mais notícias de São Paulo

Uma assembleia, marcada para às 7h de quarta-feira, na Liquigás, em Mauá, deve decidir se os trabalhadores acatam a decisão da Justiça e voltam ao trabalho ou se vão recorrer e permanecem em greve.  O julgamento desta terça-feira não incluiu a Ultragás e Utingás, já que o dissídio coletivo das duas empresas será decidido no fim do mês.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!