Bolsonaro diz que país terá fábrica israelense que extrai água do ar

Presidente não deu detalhes do empreendimento, mas afirmou no Twitter que será mais uma ação para enfrentar a falta de água no Nordeste

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro

Divulgação / Planalto / Marcos Corrêa

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo (2) no Twitter que uma fábrica israelense que extrai água do ar será construída no Brasil. Bolsonaro, no entanto, não deu detalhes sobre o investimento.

De acordo com ele, será "mais uma via de enfrentamento da falta de água no Nordeste, além da dessalinização, poços artesianos e São Francisco". Ainda segundo o presidente, "o empreendimento também criará empregos e desenvolvimento da região".

A ação da empresa israelense poderá ser mais consequência da aproximação entre Brasil e Israel desde o início do governo Bolsonaro. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, esteve na posse de Bolsonaro e, quatro meses depois, recebeu a visita do presidente brasileiro em Israel.

O exército israelense participou das buscas após a tragédia de Brumadinho (MG). Já o governo brasileiro inaugurou em Jerusalém uma sede da Apex (Agência de Promoção de Exportações e Investimento). 

Leia mais: Governo Bolsonaro: o que o presidente negociou em Israel para a área de segurança pública?