Brasil Cuba já registra volta de 196 médicos que estavam no Brasil

Cuba já registra volta de 196 médicos que estavam no Brasil

Profissionais que atuaram em território nacional desembarcaram em Havana e foram recebidos pelo vice-ministro de Saúde Pública de Cuba

Mais Médicos

Cuba anunciou a saída do Mais Médicos na quarta-feira

Cuba anunciou a saída do Mais Médicos na quarta-feira

Pixabay

Um dia após anunciar a saída do programa Mais Médicos, o governo de Cuba já registrou a volta de 196 profissionais que atuavam no Brasil.

Segundo as informações, publicadas pela Agência Cubana de Notícias, os médicos desembarcaram na ilha na manhã desta quinta-feira (15) no Aeroporto Internacional José Martí, em Havana.

Membro do Comitê Central do Partido e Vice-Ministro de Saúde Pública, Angulo Pardo, recebeu os profissionais e os parabenizou pelo trabalho feito no Brasil.

Bolsonaro responde sobre decisão de Cuba deixar Mais Médicos

Em entrevista à Agência Cubana de Notícias, Marianela Leyva Rodríguez avaliou como correta a medida adotada pelo governo cubano. "Não podemos negociar nossos princípios. Mas muito me entristece saber que fui praticamente o único médico do humilde do município de Antuérpia, em Salvador, por três anos."

José Ángel Veliz Gutiérrez afirma que a missão desenvolvida no Estado da Paraíba foi uma experiência única. Ele recorda o atendimento a uma população pobre, analfabeta e carente do verdadeiro atendimento médico.

Ministério da Saúde vai lançar edital para repor vagas do Mais Médicos