Eleições 2022

Brasília André Mendonça toma posse como ministro substituto do TSE

André Mendonça toma posse como ministro substituto do TSE

Magistrado ocupa uma das cadeiras reservadas para o STF com a posse do ministro Ricardo Lewandowski como titular

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Ministro André Mendonça toma posse como substituto no TSE

Ministro André Mendonça toma posse como substituto no TSE

TSE/Divulgação - 5.4.2022

O ministro André Mendonça tomou posse nesta terça-feira (4) como um dos ministros substitutos do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ele assume uma das vagas reservadas para juízes do STF (Supremo Tribunal Federal). O magistrado ingressa na corte eleitoral em razão da vaga aberta com a posse do ministro Ricardo Lewandowski como titular.

Mendonça ingressou no Supremo após ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Ele passou por sabatina no Senado, com aprovação da maioria dos parlamentares. Aos 49 anos de idade, Mendonça tem larga experiência na área jurídica e atuou por 20 anos na AGU (Advocacia-Geral da União).

O presidente do TSE, Edson fachin, destacou a competência do novo integrante. "A chegada a esta corte Superior Eleitoral nos traz a certeza de poder contar com sua expertise e dedicação à res publica [coisa pública], agora sob o prisma do zelo incansável da higidez do processo eleitoral, tanto em relação aos seus participantes, quanto na defesa da integridade da Justiça Eleitoral na condução dos afazeres constitucionais, empreendendo, como todos os demais integrantes do TSE, esforços para assegurar que as Eleições 2022 transcorram com paz e segurança", afirmou Fachin.

O plenário do TSE é formado por sete ministros, sendo três vindos do STF, dois do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e dois oriundos da advocacia, com notável saber jurídico.

Últimas