Brasília Após 8 anos, reforma do Teatro Nacional do DF começa nesta terça-feira

Após 8 anos, reforma do Teatro Nacional do DF começa nesta terça-feira

O processo de licitação foi finalizado em novembro e a empresa selecionada vai realizar a restauração da sala Martins Pena

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Teatro Nacional Cláudio Santoro

Teatro Nacional Cláudio Santoro

Divulgação/GDF

A ordem de serviço para o início da reforma da sala Martins Pena, do Teatro Nacional Cláudio Santoro, localizado no Distrito Federal, foi assinada nesta terça-feira (20). O teatro está fechado desde 2014 por não atender às normas de acessibilidade e segurança vigentes, segundo a recomendação do Corpo de Bombeiros e do Ministério Público da época.

Em novembro, o processo de licitação foi finalizado e a empresa Porto Belo Engenharia foi selecionada para realizar a restauração.

De acordo com a Secretaria de Cultura do Distrito Federal, serão investidos aproximadamente R$ 54 milhões para as obras. A empresa ficará responsável pela reforma das instalações prediais, restauração de pisos, revestimentos, esquadrias e de imobiliários, além de atualização tecnológica e de segurança das estruturas e dos mecanismos cênicos.

A pasta também informou que a vigência do contrato é de 21 meses, ou seja, a previsão de entrega da sala reformada é para 2024. Ano que vem, um novo edital deve ser liberado para a licitação de outros espaços do teatro.

Ainda segundo a secretaria, a reforma do teatro será dividida em cinco etapas, sendo a primeira a sala Martins Pena. Em seguida, estão previstas restaurações no Foyer Villa Lobos, sala Villa Lobos, anexo e elevador do palco.

Cerimônia

A cerimônia para início das obras contou com a presença do vice-governador, Paco Britto, da vice-governadora eleita, Celina Leão, do secretário de cultura, Bartolomeu Rodrigues e do presidente da Novacap, Fernando Leite.

Em abril deste ano, o processo de licitação chegou a ser suspenso pelo Tribunal de Contas do DF. A Corte identificou falhas no orçamento estimado para a obra, que era de R$ 55 milhões.

Leia mais: TCDF suspende licitação do Teatro Nacional por erro em orçamento

Últimas