Brasília Banco Central ganha prêmio internacional de melhor gestor de reservas

Banco Central ganha prêmio internacional de melhor gestor de reservas

O destaque de 2023 reconhece a gestão de mais de US$ 300 bilhões de reservas; é a terceira vez que o banco recebe a premiação

  • Brasília | Do R7

Sede do Banco Central, em Brasília

Sede do Banco Central, em Brasília

Raphael Ribeiro/Banco Central do Brasil - arquivo

O Banco Central do Brasil venceu o prêmio Central Banking Awards 2023 na categoria "Melhor Gestor de Reservas". A editora especializada em políticas públicas e mercados financeiros, com ênfase em bancos centrais, tem sede em Londres, no Reino Unido. O prêmio deste ano foi dividido em 13 categorias.

É a terceira vez que o Banco Central recebe a premiação da Central Banking. O destaque de 2023 reconhece a gestão de mais de US$ 300 bilhões de reservas, em meio ao cenário de crise causada pela pandemia da Covid-19.

O comitê avaliou positivamente, entre outros itens, mudanças no processo de investimento, inclusão de critérios de sustentabilidade e diversificação de ativos.  A gestão das reservas foi aprimorada pelo desenvolvimento de novos módulos nos sistemas internos do Banco Central. O resultado deste ano foi divulgado em 22 de março.

A lista inclui também a ampliação do conjunto de moedas investidas, operacionalização interna de investimentos em títulos do governo chinês; adição de novas classes de ativos, como títulos hipotecários do governo norte-americano e títulos corporativos; maior utilização de novos instrumentos financeiros, tais como ETFs (sigla para Exchange Traded Fund, fundo negociado em bolsa, em tradução livre); e desenvolvimento de novos tipos de leilão para lidar com disfuncionalidades no mercado de câmbio.

Outra inovação do Banco Central reconhecida pelo prêmio foi a oficialização da sustentabilidade como variável obrigatória do processo de avaliação de contrapartes. A equipe de gestão de reservas do banco já negocia títulos verdes há quase 10 anos. O Banco Central também aprimorou a governança do processo de tomada de decisão de alocação tática de ativos.

Premiação

No Central Banking Awards 2020, o BC foi o vencedor em duas categorias: gerenciamento de riscos, pelos avanços na gestão de riscos corporativos (ERM, na sigla em inglês), e melhor site de banco central.

Em 2019, a editora organizou o Central Banking Fintech Regtech Global Awards e o Banco Central do Brasil ganhou o prêmio de Best Sandbox Initiative, com apoio ao desenvolvimento de protótipos de sandbox atendendo a regulamentos completos já de partida.

Últimas