Brasília Bolsonaro faz sobrevoo e Exército atua em resgate por chuvas na BA

Bolsonaro faz sobrevoo e Exército atua em resgate por chuvas na BA

Governo federal anunciou saque do FGTS a moradores e outras ações para reduzir impacto das tempestades na Bahia e em Minas

  • Brasília | Lucas Nanini, do R7, em Brasília

Bolsonaro sobrevoará neste domingo (12) o sul da Bahia, área afetada pelas chuvas

Bolsonaro sobrevoará neste domingo (12) o sul da Bahia, área afetada pelas chuvas

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, vai sobrevoar de helicóptero a região do sul da Bahia, na manhã deste domingo (12), para observar as áreas afetadas pela enchente no estado. A previsão é de que o chefe do Executivo decole do aeroporto de Porto Seguro às 10h.

Bolsonaro será acompanhado pelos ministros Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e João Roma, da Cidadania. O governo reconheceu situação de emergência de 31 municípios de Minas Gerais e de 17 da Bahia, pelas chuvas intensas nos dois estados.

Uma força-tarefa será realizada para reduzir os impactos causados pelas tempestades nas regiões. O Exército Brasileiro foi autorizado a atuar no resgate e na realocação de pessoas desabrigadas.

Na última sexta-feira, o presidente anunciou que a Caixa Econômica Federal vai liberar o saque do FGTS para moradores das áreas atingidas.

O Ministério do Desenvolvimento Regional, com órgãos do Sistema Federal de Proteção e a Defesa Civil, farão ações conjuntas para atendimento imediato à população afetada. O Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD/SEDEC) opera em alerta máximo – vermelho.

Estragos causados pelas fortes chuvas em Eunápolis, na Bahia

Estragos causados pelas fortes chuvas em Eunápolis, na Bahia

Prefeitura da Eunápolis

A Defesa Civil Nacional chegou à Bahia em  29 de novembro. O governo liberou R$ 5,8 milhões para os municípios de Eunápolis, Itamaraju, Jucuruçu, Ibicuí, Ruy Barbosa, Maragogipe e Itaberaba.

Equipes do órgão dão suporte às prefeituras para a elaboração de planos de trabalho de recursos. A Sedec (Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil) coordena as ações de outros órgãos do governo federal.

Campanhas

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar da Bahia arrecadam alimentos, roupas e água para doar às pessoas que ficaram desabrigadas após as fortes chuvas que atingem o sul da Bahia desde a última terça-feira (7). As doações podem ser feitas nos quartéis de todo o estado.

Neste sábado (11), o Graer (Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia) atuou com uma força-tarefa mobilizada pelo governo do estado nas cidades mais atingidas pelas chuvas. Os bombeiros fizeram o transporte aéreo de donativos, remédios e de encaminharam, de helicóptero, pessoas que necessitavam de atendimento médico especializado aos hospitais da região.

Os bombeiros ainda auxiliaram na realocação de desabrigados que foram encaminhados para escolas e igrejas para outras localidades. Nesta manhã, o governador Rui Costa (PT) deve fazer uma visita ao extremo sul do estado. Ele desembarca em Porto Seguro e fará um sobrevoo na região, caso o tempo permita.

Últimas