Brasília Bolsonaro se reúne com presidente da Hungria, Katalin Novák: 'Temos muita coisa em comum'

Bolsonaro se reúne com presidente da Hungria, Katalin Novák: 'Temos muita coisa em comum'

Líder brasileiro visitou o país europeu em fevereiro e, na ocasião, se encontrou com o primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro e a presidente da Hungria, Katalin Novák

O presidente Jair Bolsonaro e a presidente da Hungria, Katalin Novák

Ton Molina / Estadão Conteúdo / 11.07.2022

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se encontrou, nesta segunda-feira (11), com a presidente da Hungria, Katalin Novák. Na agenda, os líderes trataram de questões ligadas à defesa, econômia e eventuais acordos entre os países.

"Temos muita coisa em comum. Comercial, valores familiares.  Obviamente não haveria uma visita se não houvesse uma simpatia entre as nossas e as políticas dela", disse o chefe do Executivo durante conversa com a imprensa, no Palácio da Alvorada, antes da agenda.

Depois do encontro, o presidente deu uma declaração à imprensa. "O Brasil está tendo a satisfação, a felicidade de receber a visita da senhora presidente da Hungria. É o primeiro país que ela visita fora da Europa depois da sua posse, em maio último, assim como eu fui o primeiro chefe de Estado a visitar a Hungria. Temos muita coisa em comum, em especial a defesa dos valores familiares. Somos pela liberdade religiosa, [pela] liberdade de imprensa", afirmou.

Katalin havia publicado, no último sábado (8), que já estava no Rio de Janeiro, onde visitou o Instituto de Estudos do Mar Paulo Moreira, da Marinha, e se reuniu com jovens húngaros que moram na cidade.

A presidente húngara afirmou que foi convidada para vir ao Brasil por causa das relações próximas no que diz respeito às políticas para a família. Ela acrescentou que está ansiosa para conhecer Bolsonaro. Na publicação, Katalin destacou que "o Brasil é uma importante potência econômica, membro do G20 e Brics".

Antes de ser presidente, Katalin foi parlamentar do partido Fidesz e aliada do primeiro-ministro Viktor Orbán, o qual recebeu Bolsonaro na Hungria em fevereiro deste ano. Ela foi eleita ao cargo de presidente em março, pouco antes de Orbán vencer as eleições de 3 de abril no país.

Últimas