Brasília Com aulas suspensas, TRE-DF inicia transporte de urnas para escolas

Com aulas suspensas, TRE-DF inicia transporte de urnas para escolas

Mais de 6.700 máquinas são levadas em 41 caminhões, escoltados pela Polícia Militar do Distrito Federal

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Transporte das urnas eletrônicas dos galpões para escolas no DF

Transporte das urnas eletrônicas dos galpões para escolas no DF

Divulgação/TRE-DF

A dois dias das eleições, o Tribunal Regional Eleitoral deu início ao transporte das 6.748 urnas eletrônicas para os 610 locais de votação no Distrito Federal. As máquinas lacradas estavam alocadas em quatro galpões da Justiça Eleitoral.

O traslado é feito em 41 caminhões, que são escoltados por mais de 6.000 policiais militares até as escolas que vão funcionar como zonas eleitorais. Servidores do TRE-DF também monitoram o transporte. Mais de 700 urnas foram reservadas para substituir equipamentos com eventuais defeitos.

O maior colégio eleitoral do DF é Águas Claras, para onde será levada a maior parte das urnas: 508 máquinas. A fim de viabilizar a logística, as aulas foram suspensas na capital federal nesta sexta-feira (30) após decreto do governador Ibaneis Rocha.

Depois da distribuição, os equipamentos serão montados no sábado (1º), véspera do pleito. No DF, 2,2 milhões de eleitores aptos a votar são esperados nas seções eleitorais, e vão escolher os representantes entre 896 candidatos a deputado distrital, federal, senador, governador e presidente da República.

No domingo (2), a votação vai das 8h às 17h. No momento da votação, o título de eleitor não é obrigatório. No entanto, os eleitores precisam apresentar um documento de identidade com foto.

São aceitos passaporte, carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou certificado de reservista. O e-Título também é válido; a emissão do título só poderá ser feita até este sábado. No domingo, a funcionalidade ficará suspensa.

Últimas