Brasília CPI decide ouvir advogado amigo de Ricardo Barros

CPI decide ouvir advogado amigo de Ricardo Barros

Após depoimento de diretor de empresa garantidora de contrato da Precisa, senadores decidiram ouvir Marcos Tolentino

  • Brasília | Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

Edilson Rodrigues/Agência Senado - 25.08.2021

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), anunciou durante sessão desta quarta-feira (25) que a comissão ouvirá o advogado Marcos Tolentino, amigo do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). A oitiva foi marcada para 1º de setembro (quarta-feira).

A decisão se deu durante o depoimento do diretor-presidente da empresa FIB Bank, Roberto Pereira Júnior. A empresa foi a garantidora do contrato da Precisa Medicamentos com o Ministério da Saúde para venda de 20 milhões de doses da vacina Covaxin. O diretor reforçou a relação entre Tolentino e a empresa, que já era apontada pelos senadores.

No depoimento, Roberto Pereira Ramos Júnior, afirmou que o advogado e empresário Marcos Tolentino é procurador de uma das empresas que compõem o capital social da FIB Bank. 

Questionado sobre a relação da FIB Bank com Tolentino, Ramos Júnior afirmou que o advogado é procurador da Pico do Juazeiro, uma das acionistas da FIB Bank. Ainda de acordo com Ramos Júnior, a FIB Bank  foi fundada pela Pico do Juazeiro e pela MB Guassu.

Últimas