Brasília Deputado pede autorização a Moraes para visitar Anderson Torres, mas defesa não concorda

Deputado pede autorização a Moraes para visitar Anderson Torres, mas defesa não concorda

O R7 apurou que a discordância seria por 'receio de que haja politização do caso'; o ex-ministro está preso desde janeiro

  • Brasília | Gabriela Coelho, do R7, em Brasília

O deputado Capitão Augusto quer visitar ex-ministro

O deputado Capitão Augusto quer visitar ex-ministro

Reprodução/ Câmara dos Deputados

O deputado federal Capitão Augusto (PL-SP) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorização para visitar o ex-ministro e ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal Anderson Torres, preso desde janeiro por suposta omissão nos ataques às sedes dos três Três Poderes, em Brasília. O R7 apurou que a defesa não concorda com a visita, por "receio de que haja politização do caso". 

·       Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
     Compartilhe esta notícia no Telegram

"Cumprimentando-o cordialmente, venho, por meio deste, verificar com Vossa Excelência a possibilidade deste parlamentar fazer uma breve visita de cortesia ao ex-ministro da Justiça Anderson Torres, que se encontra recolhido na sede do Batalhão de Aviação Operacional da Polícia Militar nesta capital federal. Acaso seja possível autorizar essa visita, coloco-me à disposição para adotar as medidas que Vossa Excelência entender pertinentes", disse o parlamentar no pedido. 


Mais cedo, após a apresentação de um laudo psiquiátrico do ex-ministro, o delegado da Polícia Federal (PF) Flávio Reis aceitou o pedido de adiamento do depoimento que estava marcado para esta segunda-feira (24).

A audiência havia sido determinada por Moraes, no caso que investiga a intervenção de Torres nas operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no segundo turno das eleições.

Segundo os advogados, o estado emocional do ex-ministro sofreu uma "drástica piora" depois que a Justiça negou a ele o pedido de revogação da prisão preventiva. 

Últimas