Brasília DF almeja ‘maior centro de medicina regenerativa do mundo’

DF almeja ‘maior centro de medicina regenerativa do mundo’

Projeto firma parceria entre governo local, Parque Tecnológico de Brasília e Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética 

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

GDF está em tratativas com o Biotic para a instalação no Parque Tecnológico

GDF está em tratativas com o Biotic para a instalação no Parque Tecnológico

Vinicius de Melo/Agência Brasília

O Distrito Federal pode ter o maior centro de medicina regenerativa do mundo. O projeto está sendo discutido entre o governo local, o Parque Tecnológico de Brasília (Biotic) e a Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética (Anadem). O conceito é a ampliação de intervenções médicas que regeneram tecidos ou órgãos danificados por doenças.

Uma reunião entre o governador em exercício, Paco Britto, e o presidente da Sociedade de Direito Médico e Bioética, Raul Canal, discutiu o tema nesta última sexta-feira (29). O centro vai se chamar RCPark e deve ser construído no Parque Tecnológico, que fica localizado entre a DF-003, o Parque Nacional e a Granja do Torto, em uma área com 121 hectares.

Segundo Paco Britto, o governo “está em tratativas com o Biotic para a instalação”. Para Raul Canal, um centro como esse será essencial para o futuro da população, pois “a medicina regenerativa é a medicina do amanhã”.

“É o pulo que a medicina está dando saindo da química e indo para a biologia. [O RCPark] vai ser o maior centro de medicina regenerativa do mundo. Temos não apenas a seleção, criopreservação e expansão de células-tronco, como também estudos clínicos para todas as terapias avançadas para o tratamento de câncer, Alzheimer, Parkinson e outras doenças degenerativas”, detalhou sobre as pesquisas que podem ser realizadas no local.

Últimas