Brasília DF tem aumento de 20,59% nos casos de Covid entre 2 e 8 de maio

DF tem aumento de 20,59% nos casos de Covid entre 2 e 8 de maio

A taxa de transmissão atingiu 1,2, o que significa que cada 100 contaminados transmitem o vírus para 112 pessoas

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Leito de UTI Covid-19 no DF

Leito de UTI Covid-19 no DF

Breno Esaki/Agência Saúde - Arquivo

O casos de Covid-19 no Distrito Federal tiveram aumento de 20,59% de segunda-feira (2) até domingo (8). O dado coloca a capital em quinto lugar entre as unidades da federação no número de novos casos por semana.

O dado é do boletim da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan). De acordo com o levantamento, a taxa de transmissão da doença está em 1,12. Isso significa que cada 100 contaminados transmitem a doença para 112 pessoas, o que mostra uma aceleração da pandemia.

O balanço da Codeplan mostra, ainda, que, antes de voltar a crescer, a taxa de transmissão passou cerca de 77 dias abaixo de 1. As regiões administrativas do Plano Piloto e de Águas Claras são as que tiveram maior número de casos no período. Desde o início da pandemia, o DF contabiliza 697.821 registros de Covid-19 e 11.662 mortes.

Calamidade pública

Apesar do cenário, o governador Ibaneis Rocha (MDB) revogou o decreto de calamidade pública editado em junho de 2020. O documento garantia remanejamento de recursos para enfrentamento da pandemia. Em 18 de abril, o governador do DF revogou outro decreto de calamidade pública, publicado em março de 2021, que previa a adoção de estratégias como o toque de recolher.

A nova revogação acaba ainda com a liberação para que governo do DF deixe de cumprir as metas da Lei de Responsabilidade Fiscal. A medida servia para dar margem para gastos com ações contra a Covid-19.

Últimas