Brasília GDF vai dobrar investimentos em segurança na Esplanada dos Ministérios

GDF vai dobrar investimentos em segurança na Esplanada dos Ministérios

Governadora em exercício, interventor do DF e presidente da Câmara fizeram visita técnica ao 6° Batalhão da PM nesta segunda

  • Brasília | Sarah Paes, do R7, em Brasília

Celina Leão, Ricardo Cappelli e Arthur Lira se reúnem para lançar pacote de medidas de segurança

Celina Leão, Ricardo Cappelli e Arthur Lira se reúnem para lançar pacote de medidas de segurança

Sarah Paes/R7

O Governo do Distrito Federal anunciou que vai lançar um pacote de medidas para fortalecer a segurança na área central de Brasília. As ações incluem a destinação de mais recursos para gratificação dos policiais militares e a reforma do 6° Batalhão da Polícia Militar, localizado na Esplanada dos Ministérios, próximo à praça dos Três Poderes. O contingente de policiais responsáveis por agir em situações de emergência na área central da cidade também deve aumentar.

A governadora em exercício, Celina Leão (PP), o interventor na Segurança Pública do Distrito Federal, Ricardo Cappelli, e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, se reuniram na manhã desta segunda-feira (16) para uma visita técnica ao "Batalhão Esplanada". O objetivo do encontro foi chegar a um acordo para evitar que um novo ataque realizado por extremistas saia do controle das forças de segurança.

Atualmente, o investimento da segurança no local é de R$ 148 milhões. Segundo a governadora em exercício, o valor pode chegar a R$ 300 milhões com as novas medidas. O pacote do GDF prevê, ainda, a convocação de concursados.

De acordo com Celina, após a reforma, o espaço deve ter estrutura para abrigar 500 militares para uma ação rápida. O batalhão conta, atualmente, com 248 profissionais que podem agir de prontidão.

“Tivemos uma reunião na semana passada com o ministro Flávio Dino, e ele nos acenou a possibilidade de começar já no espírito de colaboração, de ações de curto, médio e longo prazo. O objetivo é dobrar o efetivo de forma imediata. Já temos uma área de 5.000 km². A ideia é melhorar toda essa estrutura para ter no mínimo 500 homens para uma pronta resposta”, explicou.

Lira ressaltou preocupação com a segurança na posse dos deputados federais e senadores, marcada para 1° de fevereiro. “Essa visita faz parte desse esforço de todos os Poderes para que isso aconteça. Nossa preocupação, agora, é com a posse, com os 513 deputados, 81 senadores e seus convidados e familiares. Entendo que todo planejamento está sendo bem cuidado para que a gente não tenha nenhum tipo de surpresa, e com certeza não haverá”, afirmou o presidente da Câmara.

Últimas