Brasília Governador de Goiás, Caiado assume presidência de 'Consórcio Brasil Central'

Governador de Goiás, Caiado assume presidência de 'Consórcio Brasil Central'

Ele assume posto que era ocupado pelo governador do Mato Grosso, Mauro Mendes; mandato a frente do grupo é de um ano

  • Brasília | Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília

Caiado assume no lugar de Mauro Mendes

Caiado assume no lugar de Mauro Mendes

Edis Henrique Peres/R7

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), foi eleito nesta terça-feira (23) como o novo presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), grupo que reúne estados do Centro-Oeste e Norte do país. Caiado assume o lugar de Mauro Mendes (União Brasil), governador do Mato Grosso. O gestor goiano ficará à frente do colegiado durante um ano.

Caiado disse assumir o compromisso de discutir temas como segurança pública e orçamento. “Nosso objetivo é trazer cada vez mais sintonia nas nossas ações e experiências de governo. Estamos trabalhando por um Brasil e um desenvolvimento melhor."

Antes de anunciar o novo presidente, Mauro Mendes destacou a importância de construir uma gestão pública eficiente. “Uma administração que cuide melhor do dinheiro público e produza melhores resultados para os cidadãos. Com eficiência e legalidade. O Brasil jamais será um país desenvolvido se não aplicar o princípio da eficiência”, afirmou.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O consórcio é composto pelo Distrito Federal e os estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins e foi criado em 3 de julho de 2015. O objetivo do grupo é promover desenvolvimento econômico e social da região, "de forma integrada e por meio da cooperação entre as unidades federativas para assim tornar a região ainda mais competitiva".

Ronaldo Caiado diz que discutirá segurança pública e orçamento

Ronaldo Caiado diz que discutirá segurança pública e orçamento

Edis Henrique Peres/R7

Prêmio de Boas Práticas

Na cerimônia, o consórcio também divulgou os ganhadores do 2º Prêmio de Boas Práticas. Ao todo, foram 139 inscrições de iniciativas dos sete estados. Dos ganhadores, dois projetos são do DF, tendo recebido R$ 20 mil cada para sua ampliação. O primeiro ganhador, no eixo Desenvolvimento Econômico, foi o Renova DF, programa lançado em 2021 que capacita profissionais, facilita o ingresso no mercado de trabalho e auxilia na reforma de espaços públicos. 

O projeto Time de Reabilitação, do Hospital de Santa Maria, ganhou no eixo Saúde. A iniciativa mobiliza pacientes internados para a reabilitação mais ágil e humanizada. As equipes do hospital atendem os pacientes conforme a gravidade dos casos e aceleram a recuperação dos pacientes com trabalhos de fisioterapia. 

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, aproveitou o momento para descartar outros programas da capital, como o Cartão Prato Cheio e o Vale Gás, e os restaurantes comunitários. "Nossa preocupação alcança a segurança alimentar. Temos restaurantes que servem alimentação a R$ 2, e mais de 10 milhões de pessoas já tiveram acesso a essas refeições na cidade."

Ibaneis disse que pretende inaugurar mais quatro restaurantes comunitários e apontou que as iniciativas ajudam todo o setor produtivo. "Não podemos nos esquecer que temos pobreza na capital da República. A maior favela da América Latina está aqui e não podemos deixar a miséria expandir. Por isso, temos uma atenção muito grande com as famílias", afirmou. 

Últimas