Brasília Governo federal recebe doações para ajudar vítimas de enchentes 

Governo federal recebe doações para ajudar vítimas de enchentes 

Cidades no norte de Minas Gerais e no sul da Bahia têm sofrido com a destruição causada pelas fortes chuvas

  • Brasília | Do R7

Ruas continuam alagadas em Itajuibe, na Bahia

Ruas continuam alagadas em Itajuibe, na Bahia

Amanda Perobelli/Reuters - 28.12.2021

O governo federal passou a receber, de forma virtual, doações para ajudar as pessoas atingidas pelas enchentes na Bahia e em Minas Gerais. O portal Pátria Voluntária indica dados bancários para doações financeiras e postos de arrecadação, onde a população pode entregar itens de vestuário.

As doações de vestuário e de roupas de cama e de banho, por enquanto, têm pontos de coleta apenas em Brasília e no Rio de Janeiro. A arrecadação desses itens já está aberta e vai até fevereiro de 2022.

Também é possível doar financeiramente por meio de PIX e transferências nacionais e internacionais. Os valores, de acordo com o programa, serão destinados à reconstrução de casas destruídas pelas enchentes nos estados.

Nesta terça-feira (28), o número de mortos em decorrência das chuvas na Bahia subiu para 21. Segundo a Sudec (Superintendência de Proteção e Defesa Civil), o número de desabrigados subiu em 24 horas de cerca de 31 mil para 34.163. Já os desalojados são 42.929. O total de feridos permaneceu em 358, o mesmo número de segunda-feira. A Defesa Civil estima o número de pessoas afetadas diretamente pelas chuvas em mais de 470 mil.

No início da tarde, os ministros da Cidadania, João Roma, do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Mulher, Damares Alves, concederam entrevista coletiva para anunciar medidas de socorro ao estado após realizar sobrevoo das áreas atingidas.

Em Minas Gerais, a cidade de Salinas, no norte do estado, tem passado por inundações e enchentes nos últimos dias, que se agravaram a partir da noite desta segunda (27).

Os três principais rios da região, conhecidos como Bananal, Ribeirão e Salinas não estão suportando o nível de água recebido e, consequentemente, estão causando inundações. A região fica próxima à divisa com a Bahia.

Dados para doações financeiras

Doações diretas:

Chave PIX: PIX.ARRECSOLIDARIA@FBB.ORG.BR

Conta corrente: 80001-5

Conta: Arrecadação Solidária

Transferência bancária:

Banco do Brasil: 001

Agência: 1607-1

Conta corrente: 80001-5

CNPJ: 01.641.000/0001-33

Nome: Arrecadação Solidária

Transferências do exterior:

Código IBAN: BR2000000000016070000800015C1

Veja os pontos para doações em Brasília e no Rio de Janeiro

Brasília:

ANATEL - SAUS, Quadra 6, Blocos E e H, Asa Sul

Casa Civil da Presidência da República - Palácio do Planalto, 4º andar - sala 418

Ministério da Cidadania - Esplanada dos Ministérios, Bloco A – térreo

Ministério da Defesa - Esplanada dos Ministérios, Bloco Q e Via N2, Bloco O - Anexo 1

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos – Esplanada dos Ministérios, Bloco A

Ministério do Desenvolvimento Regional – Esplanada dos Ministérios, Bloco E

Polícia Rodoviária Federal - Brasília: SPO, Quadra 03, Lt.05, Complexo Sede da PRF e SIA Trecho 2/3, Lotes 2005/2015

Pátria Voluntária - Palácio do Planalto, Anexo I - Ala A, térreo

Rio de Janeiro:

Cruz Vermelha Brasileira - Rio de Janeiro: Praça da Cruz Vermelha, 10 (Estacionamento do Palácio) - Centro/ Rio de Janeiro

Polícia Rodoviária Federal - Rio de Janeiro: Rodovia Presidente Dutra, BR-116, Km 163 - Vigário Geral

Últimas