Brasília Indicação de general Gislei Oliveira à direção do Iges-DF é aprovada

Indicação de general Gislei Oliveira à direção do Iges-DF é aprovada

A audiência para avaliação aconteceu nesta segunda-feira (20) na Comissão de Educação, Saúde e Cultura da Câmara Legislativa

  • Brasília | Thaís Rodrigues, do R7, em Brasília

O general Gislei Morais de Oliveira em evento do Iges

O general Gislei Morais de Oliveira em evento do Iges

IgesDF/Divulgaçao

A indicação do general Gislei Morais de Oliveira para o cargo de diretor-presidente do Iges-DF (Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal), foi aprovada pela Comissão de Educação, Saúde e Cultura (Cesc) da Câmara Legislativa. A audiência pública de arguição, mediada pela presidente da Cesc, deputada Arlete Sampaio (PT), aconteceu nesta segunda-feira (20). O indicado pelo governador Ibaneis Rocha entra no lugar de Gilberto Occhi, que pediu exoneração em agosto alegando motivos pessoais.

O general considerou que “o modelo [do Instituto] não é ruim”, uma vez que os processos devem ser acompanhados em várias instâncias. Ele enfatizou a importância do planejamento estratégico, o que evitaria, segundo ele, diversos problemas que o Iges enfrenta hoje. “A política de saúde é uma oportunidade que todas as organizações hospitalares têm para fazer uma boa gestão porque cria diretrizes estratégicas e regras”, avaliou.

Embora não seja profissional da saúde, o general Oliveira esteve no cargo de superintendente do Instituto de Cardiologia do DF até a última sexta-feira (17). Além disso, atuou como superintendente-administrativo, diretor-administrativo e diretor de planejamento do Instituto entre abril de 2019 e outubro de 2020.

Últimas