Brasília Ministro convida ex-diretor da PF para assumir secretaria sobre drogas

Ministro convida ex-diretor da PF para assumir secretaria sobre drogas

Paulo Maiurino foi desligado do comando-geral da corporação nesta sexta-feira (25); quem assume é Márcio Nunes de Oliveira

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

Paulo Gustavo Maiurino, ex-diretor da PF (Polícia Federal)

Paulo Gustavo Maiurino, ex-diretor da PF (Polícia Federal)

Divulgação/Alesp

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, informou que convidou Paulo Maiurino, desligado do comando da Polícia Federal nesta sexta-feira (25), para assumir a Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas).

A informação foi publicada por Torres nas redes sociais. "Ao dr. Maiurino, meu reconhecimento pelo trabalho diário de reforçar o papel da Polícia Federal, como instituição autônoma sim, mas com respeito a preceitos fundamentais da corporação, como hierarquia e disciplina", escreveu.

Torres desejou, ainda, votos de sucesso ao novo diretor da PF, Márcio Nunes, que antes ocupava o comando da Secretaria-Executiva do Ministério da Justiça.

A portaria com a troca foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e publicada no DOU (Diário Oficial da União) em edição extra.

Maiurino estava no cargo desde 2021 e substituiu Rolando de Souza. Com a nova troca, a corporação tem o quarto diretor-geral desde o início do governo Bolsonaro.

Últimas