Brasília Novo material explosivo é encontrado no Distrito Federal

Novo material explosivo é encontrado no Distrito Federal

É o segundo caso de bombas em dois dias na capital federal; Polícia Civil investiga quem deixou aparato em região de mata

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Explosivos e outros materiais encontrados em mata do Gama (DF)

Explosivos e outros materiais encontrados em mata do Gama (DF)

Divulgação/PMDF

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) localizou explosivos, coletes balísticos e capas de coletes em uma área de mata no Gama, no Distrito Federal, neste domingo (25). É o segundo registro que envolve bombas em dois dias na capital federal — no sábado (24), um homem foi preso após deixar explosivos na região do aeroporto de Brasília.

O material foi encontrado no Gama pelos militares durante a tarde, após uma denúncia. Ao confirmar que se tratava de artefato explosivo, a área foi isolada e procedimentos técnicos foram realizados pelo esquadrão de bombas do Batalhão de Operações Especiais da PMDF para destruição em riscos.

De acordo com a polícia, os artefatos foram destruídos na DF-290 por volta das 22h30, com uma detonação controlada. Os coletes balísticos foram apreendidos e levados à 20ª Delegacia de Polícia (Gama) para registro da ocorrência.

Outro caso de bomba

O explosivo encontrado no sábado (24) foi desativado pelo esquadrão de bombas próximo ao aeroporto de Brasília. O empresário George Washington de Oliveira Sousa, de 54 anos, foi preso pela Polícia Civil (PCDF) após ter confirmado envolvimento na tentativa de explosão.

Na noite deste domingo (25), ele foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, depois de ter a prisão preventida mantida em audiência de custódia. No carro e no apartamento alugado por ele no Sudoeste, os policiais encontraram um arsenal, com roupas camufladas, munições, espingardas e artefatos explosivos.

Últimas