Brasília Polícia acha corpo de estudante desaparecida; suspeito do crime não voltou após 'saidão' da cadeia

Polícia acha corpo de estudante desaparecida; suspeito do crime não voltou após 'saidão' da cadeia

A jovem, de 21 anos, desapareceu em 17 de abril ao sair da escola; o corpo foi encontrado à margem de um rio, em Planaltina (DF)

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Regiane da Silva estava desaparecida desde 17 de abril

Regiane da Silva estava desaparecida desde 17 de abril

Reprodução/Record TV

A polícia encontrou na manhã desta quinta-feira (27) o corpo de Regiane da Silva, que estava desaparecida desde 17 de abril. O corpo dela foi localizado parcialmente enterrado, na margem do rio São Bartolomeu, no Setor Tradicional, em Planaltina (DF). De acordo com a polícia, foi identificada a bolsa da vítima, que estava próxima ao corpo. 

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Regiane, de 21 anos, desapareceu depois de ter ido à escola. O principal suspeito pelo sumiço da estudante, Sergio Alves da Silva, foi preso na noite de quarta-feira (26) em São Gabriel (GO).

O suspeito se feriu no momento em que percebeu que seria capturado, numa tentativa de se matar, mas foi levado para o hospital e já está na delegacia de Planaltina. Ele teria confessado o crime ao ser preso e fez o esboço de um mapa para indicar onde estava o corpo da estudante. Ainda de acordo com a polícia, o homem teria abordado a moça na saída da escola na noite em que ela desapareceu.

A polícia chegou até ele por causa de outro crime. O suspeito tem extensa ficha criminal, cumpria pena e, ao ser beneficiado por um "saidão" da penitenciária, não voltou para a unidade prisional. 

Últimas