Brasília Polícia prende suspeitos de latrocínio contra estudante em Ceilândia

Polícia prende suspeitos de latrocínio contra estudante em Ceilândia

O crime aconteceu na última quarta quando a vítima saía da escola. Os criminosos estavam escondidos em uma casa na região

  • Brasília | Josiane Ricardo, da RecordTV, e Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Geoffrey do Nascimento esperava o pai, que o buscaria de carro, quando foi surpreendido por dois assaltantes.

Geoffrey do Nascimento esperava o pai, que o buscaria de carro, quando foi surpreendido por dois assaltantes.

Redes sociais/Divulgação

A polícia localizou os dois suspeitos do latrocínio (roubo com morte) do adolescente Geoffrey Stony Oliveira do Nascimento, 16 anos, na QNP 5. A dupla queria o celular do jovem, que levou um tiro no peito, chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Um dos assaltantes é adolescente e foi apreendido; o outro suspeito foi preso. Minutos antes do crime, câmeras de um comércio filmaram a dupla de bicicleta se dirigindo a uma jovem e roubando o celular de uma jovem que passava pela região.

Após surpreender a jovem, a dupla pedalou mais adiante  e encontrou Geoffrey, que tinha acabado de sair da escola onde estudava, o Centro Educacional 11 de Ceilândia. Ele havia atravessado a rua para esperar pelo pai, que trabalha no CED 11 e o buscaria de carro. Os assaltantes renderam a vítima, pegaram o celular e atiraram. Ele morreu após dar entrada no Hospital regional de Ceilândia.

O crime aconteceu na última quarta-feira (22). Segundo o delegado-adjunto da 19ª delegacia de Polícia, Thiago Peralva, os homens estavam escondidos em uma casa na região. O CED 11 publicou uma nota de pesar pela morte do adolescente e suspendeu as aulas presenciais nesta quinta-feira (23). “Desejamos os pêsames aos familiares e amigos, inclusive ao pai Sérgio, que é funcionário de nossa secretaria”, afirma o texto.

Últimas