Brasília Prédio do Incra é esvaziado e funcionários dispensados após tremores

Prédio do Incra é esvaziado e funcionários dispensados após tremores

Servidores relataram ao menos três tremores na estrutura nesta quinta-feira (8); Defesa Civil restringiu o acesso ao local

  • Brasília | Renato Souza e Hellen Leite, do R7, em Brasília

Prédio do Incra é esvaziado após ameaça de desabamento

Prédio do Incra é esvaziado após ameaça de desabamento

Arquivo pessoal

O prédio do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), localizado na Asa Norte, em Brasília, foi esvaziado nesta quinta-feira (8) após o registro de um tremor no 7º andar. Em nota, a Defesa Civil informou que não há risco de desabamento.

De acordo com testemunhas ouvidas pelo R7, ocorreram três tremores no prédio no intervalo de três horas. O primeiro por volta das 9h, e o último às 11h. Os funcionários que trabalhavam no local foram dispensados após a ocorrência. A Defesa Civil também foi acionada para acompanhar a situação.

Leia também: Julgamento da candidatura de José Roberto Arruda é suspenso após pedido de vista

Além do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, engenheiros do Incra e da UnB (Universidade de Brasília) também vistoriaram o local. "Foram observadas fissuras em alvenaria e no revestimento próximo a junta de dilatação, na área do 1° subsolo (garagem). As patologias observadas são as mesmas já monitoradas pela equipe técnica que realiza estudo para reforma da edificação, não sendo encontrada nenhuma fissura ou inconformidade técnica nova", informou a Defesa Civil em nota.

Como medida de prevenção, o acesso ao prédio ficará restrito até segunda-feira (13), prazo para que a equipe técnica apresente estudos para encontrar a causa dos tremores. Em caso de indicação de risco, será reavaliada a necessidade de interdição.

A sede do Incra fica no Edifício Palácio do Desenvolvimento, no Setor Bancário Norte, um prédio de 18 andares projetado em 1960 por Oscar Niemeyer.

Últimas