Brasília PT vai representar contra Bia Kicis no Conselho de Ética

PT vai representar contra Bia Kicis no Conselho de Ética

Parlamentar divulgou na internet dados de médicos que se manifestaram a favor da vacinação de crianças

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Bia Kicis, presidente da CCJC da Câmara

Bia Kicis, presidente da CCJC da Câmara

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados - 07.04.2021

O líder do PT na Câmara, deputado Reginaldo Lopes (MG), afirmou que vai representar contra a deputada Bia Kicis no Conselho de Ética e Decoro da casa legislativa. A parlamentar assumiu que publicou em um grupo de mensagens por aplicativo o nome de médicos que foram favoráveis à vacinação de crianças contra a covid-19.

Os profissionais que tiveram os dados divulgados participaram de uma audiência pública realizada pelo Ministério da Saúde. "O PT na Câmara decidiu entrar no Conselho de Ética contra a deputada Bia Kicis pela postura criminosa que pôs em risco a segurança dos médicos. A atitude da deputada será analisada e ela pode até perder o mandato, que dedica desde o início a alimentar o ódio”, publicou Lopes no Twitter.

A parlamentar divulgou dados como CPF, celular e e-mail dos médicos Isabella Ballalai, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Marco Aurélio Sáfadi, da Sociedade Brasileira de Pediatria, e Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações. Em entrevista a um jornal, ela alegou que acreditou que as informações eram públicas, por isso compartilhou na internet. Bia Kicis disse ter recebido os dados direto do Ministério da Saúde.

Em outra ação, o deputado Alexandre Padilha (PT-SP) ingressou com uma ação contra a deputada na PGR (Procuradoria-Geral da República). Ele pede abertura de inquérito para investigar o caso. 

Últimas