Brasília Republicanos atuará de forma independente no Congresso em 2023  

Republicanos atuará de forma independente no Congresso em 2023  

Encontro contou com políticos da bancada eleita e foi conduzido pelo presidente do partido, o deputado federal Marcos Pereira (SP)

  • Brasília | Bruna Lima, do R7, em Brasília

O deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), presidente do Republicanos

O deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), presidente do Republicanos

Douglas Gomes/Republicanos

O partido Republicanos decidiu, em reunião nesta terça-feira (22), que atuará de forma independente na próxima legislatura, no Congresso Nacional. O encontro contou com políticos da bancada eleita e foi conduzido pelo presidente do partido, o deputado federal Marcos Pereira (SP). O partido decidiu que vai apoiar a reeleição do deputado Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara.

Nas eleições deste ano, o Republicanos elegeu dois governadores – o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, em São Paulo, e Wanderlei Barbosa, em Tocantins –, dois senadores, 41 deputados federais, 75 deputados estaduais e um deputado distrital, além de dois vice-governadores – Edilson Damião, em Roraima, e Otaviano Pivetta, em Mato Grosso. 

O Republicanos foi o partido que mais cresceu no Brasil de outubro de 2018 a abril de 2022. Foram 99.412 novos filiados nesse período, aumento de 25%. No fim de 2018, o Republicanos tinha 398.563 filiados e passou para 498.103 em abril.

Os dados fazem parte de um levantamento com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Durante o período analisado pela pesquisa, o Republicanos registrou a filiação de nomes importantes da política nacional, como o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, eleito senador pelo Rio Grande do Sul, Tarcísio Freitas, que governará São Paulo a partir de janeiro, e a ex-ministra Damares Alves, eleita senadora pelo Distrito Federal.

Durante a janela partidária deste ano, a legenda teve um dos melhores desempenhos na Câmara, ganhando 16 novos deputados federais. Além disso, o partido expandiu a quantidade de deputados estaduais e hoje conta com mais de 70 membros nas Assembleias Legislativas de todo o país.

Últimas