Brasília Roberto Rocha é indicado relator da MP do Auxílio Brasil no Senado

Roberto Rocha é indicado relator da MP do Auxílio Brasil no Senado

Medida Provisória do Auxílio Brasil foi aprovada pela Câmara e está pronta para ser votada no Senado

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Auxílio Brasil substitui o Bolsa Família, criado em 2003

Auxílio Brasil substitui o Bolsa Família, criado em 2003

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) será o relator da Medida Provisória 1.061/2021, que institui o programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. O nome do parlamentar foi confirmado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), na terça-feira (30).

A MP, na forma do texto do relator, deputado Marcelo Aro (PP-MG), foi aprovada pela Câmara, na última quinta-feira (25) e está pronta para ser votada no Senado. “Nós temos um prazo curto para apreciar, mas também temos senso de urgência nessa Medida Provisória”, disse Pacheco.

“Represento o Estado da Federação com os piores índices sociais, o mais empobrecido e o de pior crescimento econômico. Isso aumenta minha responsabilidade de relatar a MP do Auxílio Brasil, que é, para muitos brasileiros, a única esperança de ter alimentos na mesa”, comentou o Rocha nas redes sociais.

O presidente da Casa disse que para que o Auxílio Brasil ser instituído é preciso votar a  PEC dos Precatórios, que libera espaço fiscal em 2022 de R$ 106 bilhões para o pagamento do programa social, por meio do parcelamento do pagamento de precatórios. A PEC dos Precatórios foi aprovada, nesta terça-feira, por 16 votos a 10 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e foi encaminhada ao Plenário.

Últimas