Brasília Vídeo: avião com brasileiros que estavam na Ucrânia chega ao Brasil

Vídeo: avião com brasileiros que estavam na Ucrânia chega ao Brasil

Aeronave veio da Polônia com brasileiros, ucranianos, argentinos e um colombiano; ao pousar, grupo aplaudiu e comemorou

  • Brasília | Lucas Nanini, do R7, em Brasília

Brasileiros que estavam na Ucrânia chegam ao Recife em avião da FAB

Brasileiros que estavam na Ucrânia chegam ao Recife em avião da FAB

FAB/Divulgação

O avião da FAB (Força Aérea Brasileira) enviado à Polônia para retirar brasileiros que estavam na Ucrânia chegou ao Recife, em Pernambuco, às 6h44 desta quinta-feira (10). A aeronave deverá seguir para Brasília, onde a previsão de pouso é por volta das 12h.

Ao todo, foram trazidas 68 pessoas, sendo 42 brasileiros, 20 ucranianos, 5 argentinos e 1 colombiano. Também foram transportados dez animais. O avião partiu de Varsóvia, a quase 800 km de Kiev, capital ucraniana.

A aeronave decolou para a Ucrânia na última segunda-feira (7), na chamada Operação Repatriação, carregado com cerca de 11,5 toneladas de medicamentos, alimentos e itens de primeiras necessidades para serem doados pelo Brasil como auxílio humanitário às vítimas da guerra.

O cargueiro KC-390 Millennium é o maior avião militar desenvolvido no Hemisfério Sul. O mesmo modelo já foi usado em outras missões de ajuda humanitária, como no Haiti, em 2012.

A missão para repatriar os brasileiros que estavam na Ucrânia foi determinada pela Presidência da República e teve coordenação dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores. O presidente estará na Base Aérea de Brasília no momento do pouso para recepcionar o grupo vindo da Polônia. Varsóvia foi a principal área de escape dos brasileiros. O embarque foi feito  sob orientação do Itamaraty.

Bolsonaro conversou com um grupo de brasileiros por videochamada nesta quarta (9). Ele disse que lamenta a situação no leste da Europa, mas frisou que não pode interferir no conflito. "A gente lamenta o ocorrido, torce pela paz. Eu tenho meus limites. E isso que está acontecendo atrapalha o mundo todo", afirmou em um vídeo publicado nas redes sociais.

Últimas