Brasília Vídeo: síndico é agredido com mangueira em condomínio no DF

Vídeo: síndico é agredido com mangueira em condomínio no DF

Vítima afirma que mulher não gostou de ser advertida verbalmente por desrespeitar regras do local; caso foi registrado na delegacia

  • Brasília | Ricardo Faria e Amanda Dias, da Record TV e Vanessa Marques, do R7, em Brasília

Marcas de golpes de mangueira nas costas de síndico de condomínio do DF

Marcas de golpes de mangueira nas costas de síndico de condomínio do DF

Arquivo pessoal

O síndico Wladimir Lyra dos Santos, 60 anos, foi agredido com uma mangueira por uma moradora em um condomínio de Águas Claras, no Distrito Federal, na quarta-feira (20). Segundo a vítima, as agressões aconteceram depois que a mulher foi advertida por desrespeitar várias regras do local.

"Eu estava molhando a grama do condomínio quando dona Maria de Fátima tomou a mangueira da minha mão, me molhou e me agrediu com a própria mangueira, causando uma série de hematomas nas minhas costas e nos glúteos", contou.

O vídeo mostra a mulher se aproximando do síndico, falando com ele, tomando a mangueira das mãos de Wladimir e depois desferindo diversos golpes nas costas dele. A vítima disse que horas mais tarde a moradora o agrediu novamente. "Quando estava na entrada, ela veio de novo, desceu e me agrediu, me dando um tapa nas costas."

Segundo Wladimir, a moradora pratica atos que vão contra as regras de convenção do condomínio. O síndico diz que a mulher não pagou os processos de âmbito condominial, entra na garagem de forma incorreta e faz agressões verbais contra ele e o porteiro.

O síndico denunciou o caso à 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga. Ele também se submeteu a exames no IML (Instituto de Medicina Legal).

Últimas