Cidades Suposta liderança do PCC, Pisca será transferido para presídio federal

Suposta liderança do PCC, Pisca será transferido para presídio federal

Brasileiro conhecido como Pisca foi preso na quarta-feira (18) no Paraguai. Ele é suspeito de coordenar o tráfico de drogas entre Paraguai e Bolívia

Homem forte do PCC, Pisca será levado para presídio federal

Pisca será levado para presídio federal de segurança máxima

Pisca será levado para presídio federal de segurança máxima

Reprodução RecordTV

Suposta liderança do PCC (Primeiro Comando da Capital), o brasileiro conhecido como Pisca, será levado para um presídio federal de segurança máxima, de acordo com a Polícia Federal (PF).

As autoridades paraguaias entregaram o membro da facção nesta quarta-feira (18), mesmo dia em que foi detido, à PF em Foz do Iguaçu.

Pisca foi preso em uma mansão durante uma operação a Polícia Federal do Paraguai e a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai). A lei do país permite que o estrangeiro seja deportado por uso de documentos falsos.

Terceiro na liderança do PCC, Pisca roubou R$ 156 milhões em assalto

De acordo com o delegado chefe da PF em Foz do Iguaçu, Fabiano Bordignon, existem alguns mandados de prisão contra o suspeito, mas o principal deles seria pela fuga de uma penitenciária de São Paulo. Pisca também é suspeito de coordenar o tráfico de drogas do PCC entre Paraguai e Bolívia.

Liderança do PCC, Pisca participou de sequestro de mãe de jogador

O outro suspeito preso na operação, que não teve o nome revelado, será encaminhado para uma penitenciária comum. Ele foi indiciado pela PF apenas pelo uso de documentos falsificados.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Fabíola Perez