Economia Aneel aprova edital de leilão de 25 linhas de transmissão de energia

Aneel aprova edital de leilão de 25 linhas de transmissão de energia

As obras, em nove Estados, demandarão investimentos de R$ 7,350 bi com prazo de entrega entre 42 e 60 meses e criação de 15 mil empregos

  • Economia | Do R7

Marcello Casal Jr/17.09.2012/ABr

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o edital do leilão de transmissão a ser realizado em dezembro. O leilão terá 11 lotes em nove Estados - Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo. Serão 25 linhas de transmissão e 12 subestações.

As obras demandarão investimentos de R$ 7,350 bilhões e prazo de entrega entre 42 e 60 meses. A estimativa é que sejam gerados 15 mil empregos. Os contratos terão prazo de 30 anos.

Procura por energia limpa impulsiona projetos no Brasil

A disputa seria realizada em junho, mas foi cancelada em razão da pandemia do novo coronavírus. A licitação foi reformulada e vários lotes foram retirados para que ela pudesse ser realizada até o fim deste ano.

Pelo voto do relator, diretor Efrain Pereira da Cruz, a Eletrobras e suas subsidiárias poderão disputar o leilão de transmissão.

Empresas de energia oferecem alternativas para evitar cortes

Nos últimos dois anos, Chesf, Eletrosul e Eletronorte tiveram a participação suspensa como punição por terem passado por processos de caducidade de concessão. Cruz propôs que processos de caducidade não sejam mais considerados um impeditivo à participação.

A Aneel decidiu ainda que a venda da outorga dos lotes pelos vencedores do leilão para outras empresas só poderá ser realizada após a entrada em operação comercial dos empreendimentos.

O edital aprovado pela Aneel será enviado para análise do Tribunal de Contas da União (TCU).

Últimas