Economia Dólar fica perto da estabilidade e fecha a quarta-feira cotado a R$ 5,62

Dólar fica perto da estabilidade e fecha a quarta-feira cotado a R$ 5,62

Alta de 0,09% da moeda norte-americana foi registrada em sessão marcada pelo vaivém em que a divisa oscilou entre R$ 5,57 e R$ 5,63

Reuters
Dólar oscilou entre R$ 5,57 e R$ 5,63 ao longo da sessão

Dólar oscilou entre R$ 5,57 e R$ 5,63 ao longo da sessão

Rick Wilking/Reuters

O dólar fechou perto da estabilidade ante o real nesta quarta-feira (21), ao fim de uma sessão de vaivém em que a moeda oscilou entre altas e baixas, com a divisa mais uma vez deixando de aproveitar o dia positivo para divisas de risco no exterior.

Na sessão, a moeda norte-americana teve variação positiva de 0,09%, a R$ 5,6163 na venda, após oscilar entre R$ 5,629 (+0,31%) e R$ 5,5714 (-0,71%).

O câmbio experimentou dois momentos de variações abruptas nesta sessão. No primeiro, pouco depois das 12h, o dólar acelerou a alta às máximas do dia em meio a novos ruídos que circularam no mercado sobre financiamento ao Renda Cidadã.

No segundo, por volta de 13h20, a cotação rapidamente virou para queda após a presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, dizer que havia perspectiva de algum acordo sobre novo auxílio fiscal nos EUA ainda nesta quarta.

Ao longo da tarde, porém, as compras voltaram a ganhar força, com o mercado conduzindo o câmbio para o nível psicológico em torno de R$ 5,60 no qual tem operado há um mês.

Enquanto o dólar ficou perto da estabilidade aqui, a moeda norte-americana caía 0,4% no exterior, com divisas pares do real --como rand sul-africano (+0,9%), lira turca (+0,7%) e peso colombiano (+1,5%) — em alta.

"O cenário para o câmbio no Brasil continuará de dólar alto, embora até o final do ano esperemos algum ajuste", disse Orlando Bachesque, assessor de investimentos da Alta Vista, agente autônomo da XP.

Últimas