Venda de cimento no Brasil mantém crescimento em junho puxada por reformas

CONSTRUCAO-SNIC-JUNHO:Venda de cimento no Brasil mantém crescimento em junho puxada por reformas

SÃO PAULO (Reuters) - O volume de cimento vendido no Brasil em junho cresceu 24% em relação ao mesmo período do ano passado, mantendo tendência de crescimento, em meio aos efeitos da pandemia de Covid-19, que ao obrigar as pessoas a ficarem em casa tem incentivado reformas, afirmou a entidade que representa os fabricantes do material, Snic.

As vendas de cimento em junho no país somaram 5,2 milhões de toneladas, um volume que por dia útil representa uma alta de 7,7% em relação a maio, afirmou a entidade em comunicado à imprensa.

"As reformas seguem em ritmo chinês há mais de dois meses, conforme demonstram indicadores de vendas de lojas de materiais de construção", informou a entidade, referindo-se a dados apurados pela empresa de meios de pagamentos Cielo.

No acumulado do semestre, as vendas de cimentou subiram 3,6%, para 26,9 milhões de toneladas.