Educação Cadernos de prova do Enem já estão prontos, diz presidente do Inep

Cadernos de prova do Enem já estão prontos, diz presidente do Inep

Exame será nos dias 13 e 20 de novembro para o público em geral e 10 e 11 de janeiro para a população privada de liberdade

  • Educação | Da Agência Brasil

Segundo presidente do Inep, os protocolos contra a Covid-19 se mantêm durante as provas

Segundo presidente do Inep, os protocolos contra a Covid-19 se mantêm durante as provas

Marcello Casal/Agência Brasil

Os cadernos de provas da edição deste ano do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) já foram montados em ambiente seguro e as mídias digitais já estão prontas para serem enviadas para a gráfica na próxima semana. Quem antecipou as informações foi Carlos Moreno, presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), em entrevista ao programa A Voz do Brasil de sexta-feira (5).

O presidente do Inep lembrou as datas de realização das provas: 13 e 20 de novembro para o público em geral e 10 e 11 de janeiro para a população privada de liberdade.

Novidades

Neste ano, tanto a edição impressa quanto a digital do Enem serão realizadas no mesmo dia. “Com os mesmos itens e com o mesmo tema de redação.” Entre as novidades nesta edição, está a possibilidade de os candidatos apresentarem documentos digitais no dia das provas, como o e-Título, Carteira Nacional de Habilitação Digital e o RG digital como documentos válidos. No entanto, só serão aceitos documentos apresentados em seus respectivos aplicativos, como o Gov.Br. Imagens de tela não serão aceitas.

Os protocolos contra a Covid-19 se mantêm. Entre eles, a alocação dos estudantes nas salas de aula com distanciamento; o uso de máscara por parte dos aplicadores, fiscais e coordenadores e a higienização de ambientes. “Recomendamos que cada participante leve o seu próprio kit de proteção”, disse.

Segundo Moreno, o Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior, pois dá acesso a iniciativas como o Fies (Fundo de Financiamento da Educação), o Prouni (Programa Universidade para Todos), o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e a Lei de Cotas. “O Enem ancora essas políticas públicas já consolidadas”, diz.

Últimas