Educação Governo de SP amplia integração dos ensinos técnico e médio

Governo de SP amplia integração dos ensinos técnico e médio

Intenção é, até 2022,  triplicar as vagas oferecidas para 180 mil. Iniciativa será realizada pela Secretaria de Desenvolvimento e Centro Paula Souza

Governo de São Paulo cria programa para ampliar integração do ensino médio e ensino técnico, ensino técnico, etec

Governo de SP anuncia o programa Novotec

Governo de SP anuncia o programa Novotec

Divulgação Equipe João Doria 26.02.2019

O Governador João Doria lançou o Novotec, programa que dará oportunidade aos alunos do ensino médio de cursarem ao mesmo tempo ensino técnico profissionalizante de alta qualidade e saírem com dois diplomas. Até 2022 o objetivo é triplicar as vagas oferecidas atualmente chegando a 180 mil. A iniciativa será realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Centro Paula Souza — instituição referência em excelência educacional no Brasil.

“O objetivo é levar esta educação de excelência do Centro Paula Souza para a rede estadual de ensino em larga escala, através da oferta de cursos técnicos integrados ao ensino médio da rede regular”, disse Doria.

No Novotec, os cursos são oferecidos de acordo com a alta demanda dos jovens por profissionalização mais rápida e do mercado de trabalho por mão de obra qualificada para as necessidades atuais. A grade de 6 aulas por dia possibilitará aos alunos um período disponível para trabalhar ou estagiar.

Fome e sapato furado: a vida da professora de Etec que fez Harvard

O programa prevê ainda o compartilhamento da infraestrutura e talentos já existentes, utilizando escolas e professores da rede estadual e do Centro Paula Souza para trabalharem conteúdos de forma integrada.

Neste ano já estão sendo oferecidas 5,4 mil vagas do ensino médio integrado com o técnico em 6 aulas diárias — 400 delas em 10 escolas da rede estadual de educação e o restante em ETECs. Ao todo, 36 municípios estão recebendo turmas do Novotec na modalidade integrada. Entre os oito cursos oferecidos estão desenvolvimento de sistemas, comunicação visual e cozinha.

Professora usa sucata e tecnologia para mudar a vida de alunos em SP

Além da modalidade integrada, o programa prevê outras três de curta-duração: Novotec Expresso, Novotec Móvel e o Novotec Virtual. Ao todo serão mais de 30 mil vagas em 2019 nas quatro modalidades.

Novotec Expresso

Cursos de curta duração (200 horas) para qualificação profissional em escolas estaduais e laboratórios das ETECs. Em 2019 serão oferecidas 23.000 vagas, em cerca de 600 turmas, espalhadas por 44 municípios. Início previsto para agosto. Exemplos de cursos: Técnicas em vendas, Gestão de pequenos negócios, Programação, Marketing Digital, Manutenção de computadores e outros.

Novotec Móvel

Cursos de curta duração (200 horas) para qualificação profissional realizados em unidade móvel (carreta). Em 2019 serão disponibilizadas cerca de 1.500 vagas. Início previsto para agosto. Exemplos de cursos: Automação industrial, Metrologia, Petróleo e Gás e outros.

Novotec Virtual

Cursos técnicos de curta duração (200 horas e 400 horas) utilizando a estrutura de ensino à distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), com conteúdo do Centro Paula Souza. Em 2019 serão disponibilizadas 3.000 vagas. Início previsto para agosto. Exemplos de cursos: Administração, Guia de Turismo, Desenvolvimento de Sistemas e outros.