Ministro promete solução para gabaritos trocados no Enem até 2ª

Weintraub afirmou que houve "inconsistências" que serão corrigidas e disse que ninguém será prejudicado. Problema ocorreu na segunda prova

Gabaritos de 0,1% dos candidatos foram trocados no segundo dia de Enem

Gabaritos de 0,1% dos candidatos foram trocados no segundo dia de Enem

Mundo Vestibular

O Ministério da Educação prometeu resolver até segunda-feira (20) a situação de candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que tiveram os gabaritos trocados no segundo dia da prova realizado em 10 de novembro de 2019.

De acordo com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, em torno de 0,1% dos candidatos tiveram o gabarito trocado na hora de serem armazenados. Dos 5.095.388 inscritos, 3.709.809 fizeram a prova no segundo dia de aplicação.

Leia mais: MEC divulgou notas do Enem nesta sexta; veja como consultar

O ministro prometeu que as "inconsistências" serão corrigidas até segunda e que ninguém será prejudicado. "Apesar de estatisticamente não serem significativos, individualmente não pode haver uma inconsistência como essa", afirmou Weintraub em vídeo nas redes sociais.

Veja também: Confira as respostas do gabarito oficial do Enem

O ministro estava ao lado do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, órgão responsável pela aplicação do exame. Weintraub pediu desculpas aos candidatos que levaram, conforme ele, o "susto".