Enem 2022

Educação Vale a pena fazer o Enem? Saiba tudo o que é possível fazer com a nota do exame

Vale a pena fazer o Enem? Saiba tudo o que é possível fazer com a nota do exame

Período de inscrição vai até o próximo sábado (21); prova é a principal porta de entrada para uma universidade pública ou para obter uma bolsa de estudos

  • Educação | Do R7

Enem: participantes podem usar a nota para conquistar uma vaga no exterior

Enem: participantes podem usar a nota para conquistar uma vaga no exterior

Adobe Stock

Vale a pena fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)? Se a intenção é conquistar uma vaga em uma universidade federal ou tentar uma bolsa de estudos, a resposta é sim. As inscrições estão abertas até as 23h59 do próximo sábado (21), e os interessados devem pagar a taxa de inscrição de R$ 85 até o dia 27 de maio.

O Enem é a principal porta de entrada para as universidades federais por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificado), programa criado pelo MEC (Ministério da Educação) que funciona como um leilão de vagas nas instituições de ensino superior.

As instituições disponibilizam as vagas, e os estudantes devem acompanhar pelo sistema a concorrência. Algumas instituições exigem nota mínima para ingressar em alguns cursos, caso o estudante se inscreva.

Para quem pretende estudar fora do Brasil, a nota do Enem pode ser usada para o ingresso em uma universidade de Portugal graças a um convênio firmado entre os governos brasileiro e português.

Para quem optar por cursar uma universidade particular, há chance de conquistar uma bolsa de estudos pelo Prouni (Programa Universidade para Todos). O MEC oferece bolsas integrais e parciais a estudantes de baixa renda. 

Os participantes do Enem também podem pedir o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), que garante o pagamento das mensalidades das universidades privadas por meio de financiamento. O crédito varia de 50% a 100% do valor da mensalidade.

Uma boa nota no Enem pode garantir um desconto nas mensalidades de uma universidade privada. Algumas instituições aceitam o exame, sem exigir que o interessado participe de um vestibular. Nesses casos, vale a pena entrar em contato diretamente com a faculdade.

Últimas