Eleições 2020 Cazeca quer abrir mão de impostos para ajudar empresários em BH

Cazeca quer abrir mão de impostos para ajudar empresários em BH

Candidato à prefeitura pelo PROS pretende viabilizar empréstimos para comerciantes afetados pela pandemia para ajudar na retomada econômica

  • Eleições 2020 | Pablo Nascimento, do R7

Fabiano Cazeca, candidato à Prefeitura de Belo Horizonte pelo PROS, vai apostar na renúncia fiscal e na facilitação de acesso a linhas de crédito para ajudar empresários afetados pela pandemia de covid-19, caso seja eleito.

Os detalhes do plano econômico de sua possível gestão foram apresentados na série de entrevistas que o R7 realizada com os postulantes à chefia da prefeitura da capital mineira.

— Uma das coisas que mais me preocupa é retomar os empregos perdidos e empresas quebradas covardemente durante a pandemia. A cidade precisa dos empresários e os trabalhadores precisam de emprego.

Cazeca também quer ser presidente do Atlético-MG

Cazeca também quer ser presidente do Atlético-MG

Ana Gomes / R7

Cazeca, que também é empresário no ramo de consórcios, pretende levar a experiência que tem em administração para dentro do setor público.

— A área privada é mais ágil e eu quero colocar isso para funcionar na prefeitura. Quero também motivar os servidores. A prefeitura é uma prestadora de serviços à comunidade, então as pessoas precisam estar motivadas a trabalhar para produzirem mais e melhor.

Educação e obras

Outro ponto de atenção do candidato, caso eleito, será a educação básica. O empresário acredita que a criação de mais vagas em escolas pode ajudar na melhoria do orçamento familiar.

— Nós temos que ampliar as escolas de tempo integral. Existem mães que não podem trabalhar fora para ajudar na renda da família porque não têm com quem deixar a criança durante meio horário.

As obras para contenção das enchentes na cidade também estão no radar do candidato. Cazeca acredita que é possível fazer os reparos, mesmo com um possível orçamento enxuto após a pandemia.

— Vai ser mais apertado, mas a gestão tem que se austera. Se o dinheiro da minha empresa eu tenho que cuidar com austeridade, quem dirá o dinheiro público. Mas isto não impede que se faça as obras necessárias e vitais para a população.

O candidato

Fabiano Cazeca, de 55 anos, é dono de uma rede de empresas de consórcios presente em 26 Estados e no Distrito Federal. Ele é o candidato mais rico a concorrer ao cargo de prefeito em BH neste ano. A declaração enviada ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta um patrimônio de R$ 5,5 milhões.

Cazeca se orgulha ao falar sobre a infância humilde, na cidade de Itapecerica, a 180 km de Belo Horizonte. O multimilionário e advogado formou a educação básica em um programa de supletivo, já adulto. O empresário afirma que entre seus atuais sonhos estão o cargo de prefeito e a presidência do Atlético Mineiro.

Entrevistas

A conversa com Fabiano Cazeca aconteceu dentro de uma série de entrevistas que o R7 e a equipe digital da Record TV Minas realiza com os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte. Todos os 15 postulantes ao cargo foram convidados, mas nem todos tiveram disponibilidade para participar do projeto.

Vídeos curtos com as principais propostas dos candidatos serão publicados nas redes sociais da emissora, entre os dias 26 de outubro de 7 de novembro.

Veja as entrevistas já publicadas:

    • Áurea Carolina (PSOL) promete revisar o valor do IPTU
    • Bruno Engler (PRTB) propõe trocar médicos do comitê da covid-19
    • Cabo Xavier (PMB) quer moradores “prefeitos” em cada bairro de BH

Últimas