Eleições 2022 Após resultados, Lula diz que segundo turno será 'prorrogação'

Após resultados, Lula diz que segundo turno será 'prorrogação'

Ex-presidente confessa que esperava eleição já neste domingo (2), mas avalia resultado como positivo

  • Eleições 2022 | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

PT/Reprodução - 2.10.2022

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, neste domingo (2), que o segundo turno para as eleições presidenciais é apenas uma prorrogação e garantiu que sairá vitorioso. O petista disputará o segundo turno ao Palácio do Planalto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) em 30 de outubro.

Após a divulgação dos resultados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lula comentou que aguardava ser eleito já no primeiro turno, mas comemorou os 56,8 milhões de votos que recebeue disse que o objetivo é conquistar mais apoio.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DAS ELEIÇÕES 2022 NA PÁGINA ESPECIAL DO R7

"Toda eleição que disputo tenho vontade de ganhar no primeiro turno, mas nem sempre é possível. E uma coisa na minha vida que me motiva, me estimula e me faz renascer a cada dia é a crença de que nada acontece por acaso. Sempre achei que a gente ia ganhar essas eleições e queria dizer que vamos ganhar. Isso, para nós, é apenas uma prorrogação", declarou Lula em um evento com apoiadores em São Paulo.

"A luta continua até a vitória final. Esse é o nosso lema. Nós esperamos contar com apoio e solidariedade de cada um de vocês no trabalho incansável que vocês fazem de correr atrás dos candidatos. Vamos tentar mapear o Brasil e ver quais são as regiões que precisamos andar. Vamos ter que viajar mais, fazer mais atos públicos, debates, conversar com pessoas e convencer a sociedade brasileira daquilo que estamos propondo", acrescentou o petista.

Lula comentou, ainda, que espera ter um debate mais franco com Bolsonaro durante a campanha para o segundo turno. "Vai ser a primeira chance de fazer um debate tête-à-tête com o presidente da República para saber se ele vai continuar contando mentiras ou se vai pelo menos uma vez na vida falar a verdade para o povo."

Últimas