Eleições 2022 Eleição para deputado federal no DF é a mais concorrida do país

Eleição para deputado federal no DF é a mais concorrida do país

São 204 candidatos para 8 cadeiras na Câmara, uma média de 25,5 por vaga; cargo para deputado distrital também é o mais disputado

  • Eleições 2022 | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Plenário da Câmara dos Deputados

Plenário da Câmara dos Deputados

Jefferson Rudy/Agência Senado - 14.7.2022

Com 204 candidatos, a cadeira de deputado federal pelo Distrito Federal é a mais disputada nas eleições de 2022 em todo o país. São 25,5 concorrentes na briga por uma das oito vagas destinadas à bancada da capital federal na Câmara dos Deputados.

Em uma comparação com o último vestibular da Universidade de Brasília (UnB), essa taxa só não é maior que a concorrência para o curso de medicina (171,15 candidatos por vaga) e supera cursos como medicina veterinária (18), relações internacionais (15,64), ciência da computação (15,55), jornalismo (10,55), administração (5,37) e engenharia civil (3,95).

O cenário não é diferente na disputa pela Câmara Legislativa do Distrito Federal, que também é a mais concorrida do Legislativo entre as unidades da federação. São 591 candidatos em disputa por uma das 24 cadeiras na CLDF, numa média de 24,6 concorrentes. Veja os detalhes no infográfico abaixo:

Concorrência na Câmara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas

Concorrência na Câmara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas

Luciene Costa/Arte R7

Como é possível observar no infográfico acima, além da Câmara Legislativa do Distrito Federal, as assembleias legislativas do Rio de Janeiro e de São Paulo também estão entre as mais concorridas nas eleições deste ano. No Rio de Janeiro, 1.608 candidatos disputam 70 vagas na Casa, em uma concorrência de 22,97 postulantes por vaga.

Já em São Paulo, a média é de 21,58, com 2.029 candidatos disputando 94 vagas de deputado estadual. Na ponta de baixo, as assembleias legislativas menos concorridas são a do Piauí (6,9), do Ceará (12,04) e de Pernambuco (12,12).

Ao todo, o número de candidatos às vagas para os cargos eletivos na Presidência da República, governos estaduais, Senado, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas, somados, chega próximo dos 28 mil candidatos. Confira:

Luciene Costa/Arte R7 - 17.8.2022

Senado: 235 candidatos para 27 cadeiras

No caso do Senado, embora a casa conte com 81 parlamentares, somente um terço das vagas estará em disputa. Ou seja, 27 senadores serão eleitos, um por cada estado mais o Distrito Federal. Essas vagas abertas são dos políticos eleitos em 2014 e que encerram o mandato de oito anos em 2023. 

Nestas eleições, 235 candidatos disputam 27 cadeiras de senador, numa média de 8,7 postulantes para cada vaga. Esse número é maior que o registrado em 2014, quando também havia uma vaga em disputa por estado e 185 candidatos concorriam às 27 cadeiras (6,85).

A maior concorrência para o Senado é no Rio de Janeiro, onde 13 postulantes brigam pela cadeira do estado na Casa. Em seguida, aparecem o Distrito Federal, Santa Catarina, São Paulo e Pará, cada um com 11 candidatos por vaga. 

Últimas